A importância da valorização dos colaboradores em uma empresa

HCC capacitou mais de 90 instaladores de energia solar em 2017

Tempo de leitura: 

2 minutos

Na última sexta-feira (03/05), realizamos um happy hour em comemoração ao Dia do Trabalhador na sede da HCC. A noite contou com show com grandes clássicos do rock, em um clima de muita positividade. Assistindo àquele show e vendo a alegria nos olhos de nossos colaboradores, fiquei pensando o quanto o capital humano é importante para uma empresa, e como é necessário que proporcionemos um ambiente plural e diferenciado para tornar as organizações mais inovadoras.

Desde 2013, quando mudamos totalmente o nosso conceito, passando o foco dos resultados financeiros para o desenvolvimento humano e para a inovação, começamos a colher resultados fantásticos. Um ambiente diferenciado daquele modelo “tradicional”, totalmente radial, contribui também para a quebra da hierarquia, que normalmente torna o processo mais lento e menos disruptivo.

A HCC está vivendo um momento único na sua história: a maioria dos nossos colaboradores é jovem (na faixa dos 25 anos), recém-formada e em início de carreira. Tradicionalmente, pensa-se que estes colaboradores precisam agregar muita experiência para efetivamente fazer a diferença e crescer dentro da empresa; no entanto, estes jovens não possuem nenhuma crença limitante justamente por não possuírem experiência. Quando inseridos em um espaço plural e focado na inovação como a HCC, podem resolver problemas complexos em apenas alguns dias.

Um exemplo disso foi o que aconteceu recentemente com o nosso time de engenharia responsável pelos orçamentos de geração fotovoltaica. Em reunião, tivemos alguns insights sobre desenvolver um aplicativo que fosse capaz de oferecer orçamentos de maneira mais rápida e com um grande índice de precisão, para darmos uma resposta mais eficiente aos clientes. Passadas duas semanas, eu havia até me esquecido deste insight, quando, de repente, fui chamado a uma sala na qual me foi apresentada uma ferramenta fantástica para gerar orçamentos. O app era extremamente ágil e dispunha de um algoritmo muito poderoso para avaliar todas as nuances de um projeto, utilizando-se, inclusive, de informações do GPS e da câmera dos smartphones.

Ao contemplar a proposta, fiquei boquiaberto, pois isso representará uma revolução nos nossos processos e dará uma fluidez enorme para os nossos consultores comerciais. Logo, perguntei: “Quem conseguiu fazer algo tão grandioso em tão pouco tempo?” – e por incrível que pareça, a iniciativa foi de um jovem grupo de engenheiros recém-formados que estão na empresa há pouquíssimo tempo. Essa história revela que devemos, sim, apoiar estes jovens, e que as empresas precisam quebrar o paradigma da velha gestão para efetivamente inovar, tornando-se cada vez mais ágeis e capazes de fazer a diferença.

E aí, ficou interessado em trabalhar conosco? Então deixe o seu currículo aqui!