Como a energia solar reduz a emissão de CO2?

Como a energia solar reduz a emissão de CO2?

Tempo de leitura: 

4 minutos

O aquecimento global é uma realidade e desperta muita preocupação com a possibilidade de desencadear efeitos catastróficos. Todos os anos, estudos mostram como esse fenômeno avança e traz uma apreensão sobre os rumos do clima no planeta.

Um dos principais vilões do aquecimento é a emissão de gás carbônico (CO2). Por isso, muitas empresas e civis têm optado por contribuir com a redução de CO2 com energia solar.

O processo de geração de energia através dos raios solares não prejudica o meio ambiente. Assim, a energia solar é considerada limpa e sustentável. Essa tem sido uma das melhores alternativas para a diminuição de CO2 na atmosfera. Mas a descarbonização também é uma prática que vem sendo cada vez mais discutida no mundo.

Quer saber mais sobre o assunto? Neste post, vamos falar sobre como a energia solar ajuda a reduzir a emissão de gases poluentes, destacando suas vantagens, e como a descarbonização do ar pode ser benéfica para o planeta. Confira!

Por que a emissão de CO2 prejudica o planeta?

A alta concentração de CO2 na atmosfera resulta na poluição do ar, no efeito estufa e na ocorrência de chuva ácida. Esses fatores aceleram o aquecimento da Terra e provocam diversos males para todo o ecossistema. Um dos fatores que contribuem significativamente para o aumento do efeito estufa e, consequentemente, do aquecimento global é a queima de combustíveis fósseis, como o petróleo e carvão.

Uma das alternativas para diminuir a emissão de CO2 na atmosfera é substituir esse tipo de fonte de energia por aquelas consideradas limpas. Parte da energia elétrica produzida no Brasil depende do uso de combustíveis fósseis, por isso, usar a energia solar para produzir a própria eletricidade é um ótimo caminho para a preservação do nosso planeta.

O que são as energias renováveis?

Para mitigar os problemas causados pelo aquecimento global, a utilização de energia renovável, conhecida também como energia limpa, vem aumentando. Cada vez mais, países vêm adotando painéis solares, turbinas eólicas e fazendas de biogás como práticas sustentáveis. A instalação de sistemas de energia solar, por exemplo, já é uma tendência no Brasil e no mundo.

O uso das energias renováveis ajuda na diminuição dos efeitos das mudanças climáticas, impactos ambientais e danos à saúde da população. Quando comparada aos combustíveis fósseis, as emissões de poluentes associadas às energias renováveis são mínimas.

podcast hcc energia solar

Como acontece a redução de CO2 com energia solar?

A radiação solar que penetra em painéis fotovoltaicos instalados no telhado das construções gera eletricidade, que pode ser usada em imóveis residenciais, comerciais e rurais. Por isso, é uma das melhores alternativas para reduzir a emissão de gás carbônico. Além disso, essa é uma ótima opção para quem deseja economizar na conta de luz.

A localização do Brasil favorece a produção de energia solar, já que tem abundância de luz do sol em praticamente todas as suas regiões. O processo que leva à geração da energia solar não emite nenhum tipo de gases poluentes. Justamente por isso, essa tecnologia favorece a descarbonização, melhorando a qualidade do ar que respiramos.

O que é a descarbonização do ar?

A descarbonização do ar é a diminuição de gás carbônico na atmosfera, principalmente, aquele emitido pela queima de combustíveis fósseis para a geração de energia. Com o aumento significativo do aquecimento global, sociedade civil e instituições vêm se preocupando mais em promover a sustentabilidade.

Assim, a descarbonização do ar se torna foco principal para o uso de fontes de energia alternativas nos mais variados projetos. Nesse contexto, a descarbonização tem como foco a redução da emissões de gases poluentes na atmosfera, especialmente, de dióxido de carbono (CO2), para alcançar a neutralidade climática através de fontes de energia limpa. Os principais benefícios dessa prática são:

  • contribui com a sociedade e com o meio ambiente;
  • reduz custos, já que energias renováveis são mais econômicas a longo prazo;
  • influencia o desenvolvimento econômico de setores sustentáveis da economia;
  • agrega valor ao imóvel ou negócio.

Como funciona a descarbonização na prática?

Algumas estratégias podem ser adotadas para colocar a descarbonização em prática, tanto na sua vida pessoal quanto nas empresas. A primeira delas é a redução do desperdício, essencialmente, quando estamos nos referindo a matéria-prima. Quanto maior a perda, maiores serão os gastos desnecessários de recursos naturais.

As empresas também podem optar por biocombustíveis, manutenção regular de seus veículos e o modo de condução adequado dos processos de logística, como algumas ideias para a redução das emissões dos gases poluentes.

Outra alternativa muito usada é elevar a eficiência na indústria, evitando gastos muito altos, e realizar a reciclagem de materiais, que emite quantidade muito menor de CO2 na atmosfera do que a produção de um novo produto. Além disso, a utilização de energias renováveis, como a energia solar, é outra maneira de investir em descarbonização do ar e preservar o meio ambiente.

O que é preciso para descarbonizar?

Para descarbonizar o ar, é preciso reduzir drasticamente a emissão do gás carbônico e dos outros gases que causam efeito estufa. Além disso, manter os catalisadores naturais de carbono, como as florestas, e a regeneração do solo.

Mas, para isso, as esferas sociais e econômicas serão afetadas diretamente, causando transformações no mercado de trabalho. Assim, as empresas e os países buscam fazer a descarbonização aos poucos, substituindo atividades econômicas que emitem muito CO2 por outras que possam diminuir ou neutralizar essas emissões.

Também é preciso focar a preservação da vegetação, dos oceanos e do solo, considerados como filtros naturais, capazes de reter parte da demanda necessária para neutralizar o gás carbônico na atmosfera. Nos debates a respeito do tema, o Brasil tem papel central, já que tem uma matriz energética em boa parte renovável e abriga a Amazônia, maior floresta tropical do mundo.

Portanto, a redução de CO2 com energia solar é uma das principais alternativas para controlar o efeito estufa e, consequentemente, o aquecimento global. Além disso, a descarbonização do ar vem se tornando uma discussão necessária para a preservação do nosso planeta. Se cada um fizer sua parte, podemos contribuir por um mundo mais sustentável.

Gostou do post? Siga a HCC Energia Solar no Facebook, Instagram, LinkedIn e Youtube, e fique por dentro de todas as novidades do setor de energia solar!