Energia limpa: qual a economia da energia solar?

Energia limpa: qual a economia da energia solar?

Tempo de leitura: 

5 minutos

Em tempos de crise, a busca por economia é constante em toda a sociedade. Com isso, pessoas e empresas passaram a olhar mais para seus hábitos de consumo para identificar pontos de melhoria que fizessem verdadeira diferença nas contas mensais.

O principal fator de custos operacionais encontra-se na energia elétrica: além de ter um valor elevado no bolso do brasileiro, ela também atua como algo prejudicial ao meio ambiente.

A identificação dessas questões permitiu que vários estudos sobre o tema se desenvolvessem nos últimos anos. A partir disso, a energia solar fotovoltaica surgiu no mercado mundial como uma alternativa simples, acessível e com excelentes resultados. Suas vantagens são percebidas quase imediatamente, pois o retorno de seu investimento é muito rápido.

O Brasil, inclusive, tem grande potencial para montar um bom plano relativo à essa energia devido à grande incidência de raios solares no país. Portanto, para descobrir qual a economia da energia solar em números e detalhes, basta continuar a leitura e se preparar para adotar o sistema o quanto antes. Confira!

Qual a economia da energia solar na conta de luz?

O benefício mais importante proveniente do uso de energia solar é a economia na conta de luz. O uso de um painel solar mostra redução de custo de 50% a 95% no valor total do mês. Com isso, o retorno do investimento para instalação do sistema consegue ser recuperado em um curto espaço de tempo.

A economia na conta, porém, depende de algumas variáveis. Entenda quais são elas!

Localização geográfica, época do ano e terreno

Primeiro, é preciso lembrar que o valor da tarifa de energia elétrica que é paga diretamente para a distribuidora de energia deve ser considerado. Como ele também oscila, seu número acaba interferindo no valor da tarifa do mês.

A próxima variável é a inflação energética. Essa porcentagem corresponde à variação do valor da tarifa energética ao longo do tempo. Em 2015, por exemplo, a energia subiu cerca de 40%, valor que afeta diretamente as distribuidoras de energia elétrica.

As características técnicas particulares do sistema de energia solar escolhido também são consideradas variáveis. Elas incluem a localização geográfica, a quantidade de raios solares irradiados em diferentes épocas do ano e como é a área de instalação do sistema, incluindo a inclinação do solo ou do telhado.

Por fim, existe um valor associado à taxa de disponibilidade paga diretamente para a distribuidora de energia. Esta taxa é o motivo pelo qual a economia na conta de luz não chega a 100%: é necessário fazer o pagamento para que o acesso à rede de energia e outros recursos continuem disponíveis para uso.

Proteção contra a inflação energética

Usar energia limpa é uma forma de se proteger contra os impactos da inflação energética. Esta inflação representa o aumento no custo da energia que é encaminhada pelas distribuidoras até as residências e empresas dos consumidores.

O sistema de energia solar permite que você se mantenha afastado desta realidade de aumentos, pois quanto mais as taxas das companhias de energia elétrica subirem, maior será seu benefício. Afinal, você terá essa economia refletida na conta de luz e verá na prática o seu retorno financeiro acontecer.

Benefícios fiscais

O governo brasileiro, ciente das vantagens trazidas pelo uso de energia solar, criou um programa de incentivo para estimular o uso desta alternativa. Até o ano de 2030, espera-se que cerca de 2,7 milhões de unidades consumidoras façam parte da iniciativa. Um dos benefícios fiscais aprovados é o IPTU Verde.

Elaborado pela Prefeitura de Salvador, o programa visa incentivar empreendimentos imobiliários a aderirem à sustentabilidade em suas construções. Sendo assim, o IPTU Verde oferece até 10% de desconto no Imposto Predial e Territorial Urbano para quem adotar as medidas em seus imóveis.

Este benefício é válido tanto para estruturas residenciais quanto empresariais, e o imóvel precisa passar por algumas etapas de certificação para conseguir o certificado que garante o benefício. A cada três anos as condições determinadas são averiguadas para aferir se o imóvel continua cumprindo as diretrizes.

Algumas das principais práticas que concedem o IPTU Verde são: instalação de sistema de captação e reutilização de água da chuva, sistema de reuso de água, sistema solar de painéis fotovoltaicos, construções com materiais sustentáveis, disposições de espaços verdes com plantios de mudas e arborização do calçamento. Várias cidades brasileiras já disponibilizam o incentivo à prática, como Ouro Preto (MG), Campos do Jordão (SP), Colatina (ES), Goiânia (GO) e Palmas (TO).

Quais outros benefícios a economia da energia solar proporciona?

Em uma empresa, a economia da energia solar demora um pouco mais para ter retorno, variando de 3 a 7 anos. Porém, é este sistema o responsável por fornecer energia para que os processos da empresa sejam realizados. O excedente de energia produzida que não for utilizado naquele momento é usado pela distribuidora de energia e se transforma em créditos para o cliente.

Se por algum motivo a energia solar deixar de gerar, a empresa pode, então, operar com a energia da distribuidora. Ao final do mês, é feito um balanço para estudar o que foi consumido e quantos créditos sobraram. Dessa forma, é possível que os créditos se acumulem, podendo ser usados durante aproximadamente 60 meses sem perder a validade.

A empresa pode ter um controle maior sobre suas economias ao contratar uma equipe especializada para realizar uma pesquisa de eficiência energética. Assim, é possível implementar um sistema de energia solar adequado para otimizar a geração e reduzir até mesmo os custos de instalação. Hoje, opções de financiamento de energia solar já existem no mercado e são uma boa opção para grandes negócios.

Em uma residência, o resultado não é diferente. Muitos condomínios e moradias compartilhadas fazem uso da geração de energia solar. As placas fotovoltaicas são instaladas em grandes áreas e conseguem abastecer um bom número de casas ou apartamentos com bastante eficiência. O sistema abrange o aquecimento de piscinas e também de água para uso higiênico e sanitário.

As pessoas que não abrem mão do ar-condicionado também são beneficiadas com a energia solar. Ele é um dos maiores motivos de aumento na conta de energia, mas quando o sistema fotovoltaico é conectado à rede da residência, consegue gerar eletricidade suficiente para fazer o ar-condicionar funcionar com eficiência.

Agora que você viu qual a economia da energia solar na conta de luz de sua empresa ou residência, está pronto para entender melhor por que investir em energia solar.