Qual é a importância da reputação da marca no mercado de franquias?

Qual é a importância da reputação da marca no mercado de franquias?

Tempo de leitura: 

4 minutos

Um dos maiores problemas que um empresário tem ao abrir um novo negócio é o tempo que o empreendimento levará para se consolidar no mercado. Com um produto ou serviço desconhecido, conquistar clientes e reputação para a marca poderá ser trabalhoso e demorado, podendo até mesmo levar ao fechamento da empresa.

Como solução para minimizar esse risco, existe a opção das franquias. Elas já trazem uma marca consolidada, com uma boa imagem, e uma área de marketing padronizada e centralizada, com a qual o franqueado poderá contar para ampliar e manter sua reputação. Assim, poderá se concentrar apenas em gerar fluxo de caixa rapidamente e alcançar um nível de lucratividade que não coloque em risco o negócio.

Confira, abaixo, alguns pontos que justificam a importância da reputação da marca no mercado de franquias!

Soluções com base em feedbacks

A comunicação correta com os clientes traz retornos positivos para a marca. É necessário definir bem qual é o público a ser atingido para ajustar o que falar, como falar e qual a forma de contato que esse público mais gosta.

Uma vantagem das franquias bem estruturadas é que elas já têm canais abertos para feedbacks, geralmente com respostas quase imediatas e que trazem soluções para eventuais problemas apresentados pelos clientes, evitando desgastes que afetariam toda a rede.

Isso é importante, pois, atualmente, o nível de informação dos consumidores é muito maior que há alguns anos. A chegada dos dispositivos móveis, em conjunto com a ampliação dos canais de comunicação, trouxe um nível de conectividade jamais visto antes.

A reputação hoje é construída por meio das redes sociais, nas quais o consumidor se expressa espontaneamente e de forma imediata, influenciando toda a sua rede e trazendo consequências positivas ou negativas para a marca.

Atração pela marca

A atração pela marca é importante para o consumidor final do produto ou serviço, mas também é primordial para atrair e fidelizar os franqueados — clientes diretos da franqueadora.

Em geral, quem procura por uma franquia avalia bem a história da empresa, os valores que o negócio traz para a sociedade e seu posicionamento no mercado. Tudo isso deve estar alinhado com os próprios objetivos do empreendedor e a visão de vida do futuro franqueado.

Se existirem problemas recorrentes relatados em redes sociais e em sites de defesa do consumidor, a atração pela franquia diminuirá sensivelmente. Nesse cenário, para reverter a situação e evitar o declínio da marca no mercado, o custo será bastante alto.

Facilidade para a captação de novos franqueados

Uma boa reputação resultará em um aumento da procura da marca por possíveis franqueados. Por consequência, a conversão desses interessados trará um maior faturamento por via de royalties e uma ampliação do território alcançado pela franqueadora.

A relação entre franquia e franqueado tem que ser de parceria e transparência. Afinal, os futuros franqueados sempre vão se informar com os atuais donos da franquia para saber qual é o tipo de apoio dado pela rede, seja em atendimento, suporte, marketing, treinamentos ou outros fatores inerentes ao negócio.

A boa relação entre franqueadores e franqueados fará com que mais candidatos se convertam e falem bem da marca. Torna-se um ciclo virtuoso, no qual todos os envolvidos são embaixadores da franquia e de sua reputação.

Vantagem frente à concorrência

Há que se ressaltar um fator importante que diferencia um produto ou serviço oferecido por uma franquia em relação aos concorrentes que não estão nesse modelo: a padronização. Ela pode ser encontrada no produto, no serviço, nas instalações, nos uniformes dos atendentes, no bom atendimento, etc.

A padronização traz a certeza de que aquele lanche virá exatamente como você pediu da última vez, que o ambiente estará sempre climatizado, que a embalagem terá a mesma qualidade e que o atendente será bem-educado ao registrar o seu pedido, por exemplo.

Esse fator é cada vez mais importante, já que dentro do próprio mercado de franquias há uma concorrência cada vez mais acirrada. Novas marcas estão sempre procurando ampliar seus mercados por meio dessa estratégia, e alguns players que estão no ramo empresarial há mais tempo estão tendo que intensificar suas ações de marketing e melhorar seus padrões para manter seu público.

Redução de riscos

O planejamento estratégico é uma das fases mais complexas em um novo negócio. Isso porque algumas tarefas, executadas para mitigar os riscos do negócio, são bem difíceis. Como exemplo, podemos citar a realização de pesquisas de mercado, a análise dos concorrentes, dos preços, das forças e das fraquezas e a junção de tudo isso para montar um plano a ser seguido no longo prazo.

Uma das grandes vantagens da franquia é que isso tudo já vem pronto. Esses instrumentos de estratégia já foram colocados em prática pela rede. Assim, foram amplamente testados e corrigidos, mitigando previamente grande parte dos riscos.

Vale ressaltar que, mesmo com um risco reduzido, ele ainda existe. Por isso, é necessário fazer uma análise desse risco em relação à própria franquia a ser escolhida, ficando atento ao desempenho atual e projetado das vendas e às tendências de crescimento do mercado em que o negócio está inserido. Também é preciso analisar informações sobre a legislação que vigora no setor e as possíveis alterações que estejam em estudo.

Franquias: um modelo de negócio com bom retorno

Segundo pesquisa da Associação Brasileira de Franchising (ABF), 2018 fechou com um expressivo crescimento de 7% em franquias do setor de serviços, mesmo em meio à crise no país. Além disso, destaca-se que a projeção para 2019 está entre 8 e 10%. A ABF, por meio de estudos, ainda coloca o negócio de franquias com 23% de rentabilidade média anual, contra 18% dos negócios tradicionais.

São números realmente impressionantes, considerando que o risco é baixo e que muitas franquias com marcas já bastante conhecidas têm um investimento inicial acessível para quem tem a intenção de ter seu próprio negócio.

Está considerando abrir uma franquia? Não se esqueça de verificar a reputação da marca antes tomar a decisão final. Caso queira saber um pouco mais sobre outras opções de negócio nesse mercado, leia nosso artigo sobre o assunto!