Mercado Livre de Energia

1 posts relacionados com esse assunto

Mercado livre de energia: tudo o que você precisa saber

Mercado livre de energia: tudo o que você precisa saber

Ao usarmos um estabelecimento, sabemos da necessidade de economia da conta de luz, que estará incluída nas despesas básicas a se pagar. O valor do gasto energético mensal, somado a uma alta carga tributária, que inclui tarifas, bandeiras e adicionais, é cobrado por uma distribuidora de energia local, concessionada pelo governo. Esse modelo está tão enraizado no nosso dia a dia, que quase não pensamos sobre como o monopólio de distribuição de energia pode nos afetar. Afinal, haveria uma outra forma de receber energia elétrica, que não pelo governo? A resposta é sim! Desde 1995, o Brasil conta com um modelo de mercado em que a contratação de energia se dá de forma livre. Ele já é usado em outros países há várias décadas, chamado de Mercado Livre de Energia ou Ambiente de Contratação Livre (ACL). O Mercado Livre de Energia, no Brasil, conta com cerca de 8 mil consumidores, que usufruem de um modelo marcado pela liberdade nas contratações, negociações e competitividade. Desses, cerca de mil são consumidores livres e 7 mil são usuários especiais. Quer aprender mais sobre o mercado de livre de energia? Então, continue com a gente! Vamos mostrar o conceito, explicar como ele funciona, quem pode participar dele e todas as suas vantagens. Não perca!

18 maio, 2021

Continue Lendo