5 ações eficientes para economizar energia na sua empresa

5 ações eficientes para economizar energia na sua empresa

Tempo de leitura: 

4 minutos

Seja qual for a época do ano, economizar energia elétrica é um assunto que permanece em pauta. E, para uma empresa, essa questão é ainda mais preocupante. Afinal, pequenas lojas e grandes indústrias precisam lidar com taxas cada vez mais altas, ao passo que seus processos dependem ainda mais do trabalho de máquinas, equipamentos e computadores.

Os investimentos não podem parar, mas encontrar um ponto de equilíbrio para a situação é fundamental. E o primeiro passo para fazer isso com sucesso é conscientizar os colaboradores.

Quando todos entendem a real importância dos impactos causados por essa economia, passam a contribuir ainda mais dentro do ambiente de trabalho.

A simples atitude de apagar a luz antes de trancar uma sala, por exemplo, é bastante significativa para o contexto geral em que a organização está inserida. Ainda assim, para obter bons resultados na conta ao final do mês, é preciso ir além.

Não sabe o que fazer? Não se preocupe! Aqui veremos 5 ações eficientes para economizar energia na sua empresa. Basta colocá-las em prática e começar a acompanhar as mudanças gradativas na rentabilidade de seu negócio! Confira:

1. Verifique os aparelhos da empresa

Planejar as instalações elétricas da empresa é importante, mas nem sempre é possível fazer isso em um imóvel alugado, por exemplo. Portanto, é fundamental fazer um estudo das tomadas já existentes no local e verificar os aparelhos da empresa.

Com essa providência, fica mais fácil identificar quais delas serão destinadas a equipamentos específicos, para evitar que trabalhem de forma incorreta e acabem sugando mais energia do que o necessário.

Se houver dúvidas quanto a isso, não hesite em procurar um profissional especializado para fornecer as orientações corretas. Ele pode, inclusive, indicar quais marcas e aparelhos são os melhores para suprir as necessidades da sua empresa.

Solicite também para que ele meça o desempenho de cada máquina e dê uma atenção especial ao ar-condicionado. Afinal, seja qual for a estação do ano, não há dúvidas de que esse é o equipamento mais utilizado, certo?

2. Confira o equilíbrio de carga nas fases do imóvel

Outra coisa que é fundamental conferir é o equilíbrio de carga nas fases do imóvel que sua empresa ocupa. Sem dúvida, isso evitará uma série de problemas, que podem resultar em danos mais graves do que apenas o alto consumo de energia.

O superaquecimento de condutores, por exemplo, faz com que o desempenho dos aparelhos eletrônicos diminua, assim como sua vida útil, por consequência. Além de a energia ser consumida sem moderação, caso seja permanente esse superaquecimento pode causar até interferências na fiação.

Um profissional qualificado também pode ajudar nesse caso. Ele consegue medir e equilibrar as cargas e demonstrar como seria a distribuição correta de equipamentos entre os cômodos e salas.

É importante ouvir todos os seus conselhos, investindo até em uma reestruturação, se for necessário. Afinal, essa também é uma questão de segurança e integridade dos colaboradores. Além, é claro, de ser uma maneira de evitar desperdícios com energia e com a substituição de aparelhos antes da hora.

3. Realize manutenção preventiva

De nada adianta colocar cada equipamento no local certo se você o esquecer por lá. Todos eles merecem uma manutenção preventiva, assim como o sistema elétrico em geral.

Aliás, essa ação favorece também a identificação de possíveis problemas e faz com que eles sejam corrigidos mais rapidamente, antes mesmo de se transformarem em um transtorno maior e mais oneroso. E a economia com esse tipo de manutenção pode reduzir até 50% dos gastos destinados a recursos elétricos.

Para completar, prevenir é outra maneira de evitar o tão temido desperdício e procurar caminhos para solucioná-lo.

Por vezes, um equipamento passa o dia todo ligado, mas sequer é usado com frequência. Então, por que não otimizar essas soluções e manter em atividade somente aqueles aparelhos que, realmente, são importantes para o trabalho da empresa? Ter isso em mente é uma forma consciente de adequar seus bens às verdadeiras práticas da organização.

4. Defina metas de redução para economizar energia

Quanto você pretende economizar com energia elétrica em sua empresa? É muito importante definir metas claras e possíveis de serem alcançadas para viabilizar tal mudança.

Tire um tempo para realizar uma pesquisa a respeito do consumo de cada setor. Assim fica mais fácil identificar os principais pontos de consumo, verificar onde o desperdício é mais expressivo e direcionar melhor as melhorias que devem ser aplicadas.

Lembre-se, porém, que esses resultados não são definitivos e precisam ser utilizados periodicamente para que se chegue ao máximo de economia.

A melhoria deve ser constante — até para acompanhar o crescimento e o desenvolvimento da empresa, que sempre terá que lidar com novas exigências ao longo de sua jornada. Então, faça esse estudo anualmente, pelo menos, e estabeleça novos objetivos para serem atingidos.

5. Considere o uso de energia solar

A principal tendência quando o assunto é economia de energia elétrica são as fontes de energias renováveis. A chamada energia limpa se mostra cada dia mais vantajosa para empresas, especialmente de grande porte.

O uso de energia solar é a alternativa mais popular entre todas as opções. Além de ser uma iniciativa sustentável, que traz um excelente posicionamento para a organização quando se trata de cuidados com o meio ambiente, ela oferece um retorno extremamente rápido para o investimento.

O sucesso da implantação de um sistema como esse mostra retornos financeiros de 2 a 7 anos, de acordo com o tamanho da empresa e a sua necessidade de consumo.

E o procedimento para a instalação pode ser feito a qualquer momento — inclusive com a empresa em total atividade, pois requer pouca ou nenhuma reforma. Ou seja, é ideal para quem tem pressa e precisa de uma adaptação rápida para reduzir custos.

Pronto! Agora você já conhece as 5 ações mais eficientes para economizar energia em sua organização. Então, é só colocá-las em ação!

Mas se ainda precisar de um exemplo mais prático para visualizar como elas podem fazer a diferença, confira aqui por que você deve ter energia solar na sua empresa e surpreenda-se com os benefícios!