Conheça as 5 principais vantagens de investir em um sistema fotovoltaico on-grid

Conheça as 5 principais vantagens de investir em um sistema fotovoltaico on-grid

Tempo de leitura: 

3 minutos

Nós já falamos aqui em nosso blog e até escrevemos um e-book sobre o assunto. Existem dois tipos de sistemas fotovoltaicos, os on-grid e os off-grid. A principal diferença entre esses dois tipos de sistema de energia solar é que um é ligado à rede da concessionária de energia e outro é independente.

Neste post vamos reforçar os benefícios e as vantagens da compra de um sistema on-grid, ou seja, aquele ligado à concessionária de energia. Os sistemas de energia solar do modelo on-grid nasceram a partir da regulamentação do sistema de compensação de energia através da Resolução 482/ANEEL. Esse modelo tornou viável a aplicação do sistema conectado à rede, trocando créditos com a concessionária de energia elétrica e permitindo a popularização desse tipo de sistema.

Quais as principais vantagens do sistema fotovoltaico on-grid?

Confira a seguir as 5 principais vantagens de optar pela instalação de um sistema de energia solar on-grid:

1. Compensação de crédito

A compensação de crédito abriu as portas para esse modelo de sistema fotovoltaico. Uma das características desse sistema é a geração de energia solar intermitente, que torna o sistema solar fotovoltaico dependente do armazenamento da energia, para a garantia de suprimento quando não há disponibilidade da irradiação solar.

Nesse caso, o sistema de compensação permite essa troca com a concessionária, tornando o sistema on-grid muito vantajoso. Outro fator importante é que o sistema on-grid permite que os créditos gerados em um local podem ser transferidos para outro local dentro da mesma área de concessão, desde que atenda alguns requisitos legais.

2. A resolução 687 da ANEEL

A resolução 687 da Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL) trouxe mais flexibilidade na compensação dos créditos, aumentando ainda mais a penetração do sistemas on-grid e consolidando esse tipo de sistema de energia solar como o mais atrativo para quem quer gerar a sua própria energia.

E ainda, dependendo da capacidade de geração do seu sistema, você pode receber créditos excedentes de energia.

3. Custo de implantação do sistema

O custo de implementação dos sistemas de energia solar fotovoltaicos caíram significativamente com os sistemas on-grid. Isso permitiu uma melhor adesão à geração própria já que financeiramente o sistema solar se tornou mais atrativo. Além disso, a adaptação da conexão com a concessionária melhorou a qualidade de energia no ponto de entrega.

Ou seja, um sistema on-grid é mais barato que um off-grid e também entrega a energia com mais qualidade na sua casa ou empresa!

4. Manutenção do sistema é baixa

Retirando os sistemas de armazenamento do projeto, ou seja, as baterias, que são necessárias em sistemas off-grid, consequentemente foi excluído um custo adjacente à manutenção. No caso do off-grid, a tecnologia atual de armazenamento ainda não está consolidada, e o que o mercado oferece possui um custo de manutenção alto e uma vida útil incompatível com o restante do sistema.

Já os sistemas on-grid necessitam menos manutenção e tem uma vida útil maior.

5. Qualidade de energia

Como já comentado anteriormente, a característica da geração de energia solar conectada com a rede da concessionária permite alívios no fornecimento de energia no momento da geração, e isso impacta positivamente nos períodos de alta produção. Assim, melhora-se os níveis de tensão e a capacidade dos circuitos de baixa tensão.

De forma simplificada, isso significa dizer que você terá uma energia de maior qualidade!

É por tudo isso que atualmente o sistema on-grid é a opção mais vantajosa e econômica para quem quer gerar sua própria energia. É evidente que a tecnologia de armazenamento está melhorando muito e quem sabe nos próximos anos vai se tornar comercialmente viável aqui no Brasil. Entretanto, atualmente não há ambiente regulado para esse tipo de aplicação caso o cliente queira se manter conectado na rede da concessionária. Além disso, nada impede que no futuro quando a tecnologia estiver difundida e o ambiente regulado, o gerador on-grid seja adaptado e se torne híbrido, podendo gerar e garantir a energia, por exemplo em uma falta de energia.