Conheça os principais tipos de investimentos existentes no mercado!

Conheça os principais tipos de investimentos existentes no mercado!

Tempo de leitura: 

14 minutos

Quando se fala em tipos de investimentos, um leque de oportunidades se abre à sua frente. Afinal, é possível investir de diversas formas: abrindo um negócio, aplicando o dinheiro em títulos de capitalização, entre outras.

Diante de tantas possibilidades, você sabe qual a melhor para você? Consegue entender qual o tipo de investimento que pode trazer mais retorno financeiro a curto, médio e longo prazo? Se não, está na hora de descobrir!

Nesse artigo, você vai descobrir tudo sobre os principais tipos de investimento existentes no mercado. Ficou curioso? Então continue a leitura agora mesmo!

A importância de fazer um planejamento antes de se investir

Antes mesmo de descobrir quais são os melhores investimentos para você, é importante entender que um bom planejamento é essencial para o sucesso de qualquer investimento. E isso inclui tanto o planejamento financeiro de qualidade quanto um planejamento de disponibilidade de tempo, organização da vida pessoal e profissional, entre outros elementos.

Começando pela importância do planejamento financeiro, muitas pessoas deixam de investir porque acreditam que isso exige grande quantidade de capital inicial. Apesar de essa teoria ser verdadeira para alguns tipos de investimento, não abrange todos eles. Além disso, há alternativas para garantir o capital inicial para realizar o investimento dos seus sonhos, como empréstimos bancários com boas condições de pagamento.

Portanto, o primeiro passo é entender qual a sua capacidade financeira de investir nesse momento. Além disso, é importante considerar o tempo disponível para a administração do investimento e as mudanças que você está disposto a realizar na sua vida pessoal e profissional para tirar seu sonho do papel.

Ao investir em títulos de capitalização, por exemplo, apesar de retornos mais baixos, há uma menor exigência de dedicação de tempo e energia ao longo do tempo. Porém, quando você escolhe realizar o sonho de abrir a própria empresa, é essencial realizar uma transformação na sua rotina e dedicar tempo e energia para garantir a sustentabilidade nos negócios.

Como se pode perceber, o planejamento é um passo essencial para garantir que você irá escolher o melhor tipo de investimento. Além disso, planejar-se pode ser o diferencial que você precisa para fazer com que seu investimento gere retorno real, indo ao encontro de seus objetivos pessoais e profissionais.

Os principais tipos de investimentos

Agora que você já sabe a importância de se planejar, é hora de conhecer os principais tipos de investimento existentes no mercado. Continue a leitura e descubra agora novas oportunidades de negócio para investir!

Mercado imobiliário

O mercado imobiliário é uma das formas mais tradicionais de investimento. Ele consiste em adquirir imóveis não apenas para realizar o sonho da casa própria, mas com a finalidade de gerar retorno sobre esse investimento.

Isso significa que você pode comprar imóveis para gerar especulação e, após algum tempo, vendê-los por um valor mais elevado. Além disso, existe a opção de comprar imóveis para alugar e garantir uma renda fixa todos os meses. Por fim, também é possível investir em um terreno e construir um imóvel para posterior venda.

As vantagens do mercado imobiliários estão relacionadas, principalmente, à segurança. Porém, ele exige um capital maior para o investimento, de forma a evitar altas taxas de juros com o financiamento. Além disso, você corre o risco de comprar um imóvel para alugar e, com o passar do tempo, não ter pessoas interessadas ou localizar-se em uma região que sofreu desvalorização.

Tesouro direto

O tesouro direto é uma forma de investimento na qual você realiza um empréstimo para o Governo. Isso significa que, nessa modalidade, você compra títulos para resgate em um momento futuro. Esses títulos ganham juros que ficam acima da poupança.

Ele é muito conhecido por ser um tipo de investimento extremamente seguro. Isso porque, por ser um empréstimo fornecido ao Governo, muito dificilmente você não irá receber o valor no futuro. Porém, o rendimento não é tão alto, podendo ficar ente 7% e 10% de juros ao ano, e ele vale mais a pena para quem só deseja resgatar esse dinheiro no futuro.

Ações de empresas

Você já ouviu falar em bolsa de valores e mercado de ações, não é mesmo? Portanto, já sabe que essa é uma opção de investimento viável.

As ações de empresas são uma forma de comprar uma parte de determinada empresa. Quando alguém compra uma ação daquele negócio, também se torna sócio e, dessa forma, tem participação nos lucros e nos rendimentos da organização.

Essa é uma opção que pode, sim, trazer grandes possibilidades de lucro. Porém, como você também já deve ter percebido, o mercado de ações é bastante volátil, o que significa que esse investimento apresenta altos riscos, uma vez que a situação pode mudar repentinamente, fazendo com que você perca o dinheiro investido nas ações.

Fundo de investimento

Outra opção semelhante ao investimento em ações são os fundos de investimento. Nessa modalidade, várias pessoas se reúnem para criar um fundo e investir o capital em um negócio.

Essa modalidade também apresenta riscos, apesar de eles serem um pouco menores do que os do mercado de ações. A grande vantagem é se tornar sócio de uma empresa sem a necessidade de operar o mercado financeiro com frequência.

Abrir uma empresa

Outro tipo de investimento existente é empreender, ou seja, usar o dinheiro para tirar uma ideia do papel e abrir uma empresa. Esse é um investimento bastante rentável, afinal, se a empresa der certo, você pode ter uma ótima margem de lucro.

Porém, também é o investimento mais arriscado e com maior tempo até o retorno. Isso porque uma empresa jovem demora para começar a dar lucros e, finalmente, compensar o valor investido. Além disso, caso não ocorra um planejamento adequado de algum dos elementos ou haja imprevistos, o sucesso da empresa fica comprometido e você pode ir à falência.

Franquias

Por falar em empreendimentos, as franquias surgem como um outro tipo de investimento. Elas podem representar uma ótima forma de abrir seu próprio negócio sem ter a necessidade de começar do zero, reduzindo os riscos do investimento.

Mais adiante no texto, você descobrirá que as franquias de energia solar são uma ótima opção para ingressar no setor. Mas, para já adiantar esse tópico e fazer você ir cogitando essa possibilidade, no vídeo abaixo, o nosso Engenheiro e CEO Luiz Alberto apresenta tudo sobre esse ramo de atuação.

Além disso, as franquias têm um tempo para o retorno total do investimento feito. Também existem outras grandes vantagens nessa modalidade. Quer saber mais sobre isso? Então continue a leitura e entenda tudo sobre o mercado de franquias!

O mercado de franquias e sua franca expansão

Como você pode perceber, o mercado de franquias se mostra como uma ótima oportunidade, mas você sabe exatamente o que é uma franquia e como ela funciona? Entende quais são os principais desafios desse investimento e quais as tendências do mercado na atualidade? Se não, continue lendo para descobrir!

O que é uma franquia?

Apesar de a palavra “franquia” estar na boca do povo, nem todo mundo sabe o que, exatamente, é esse tipo de negócio. Em suma, ele é uma modalidade de empresa na qual um franqueador fornece a marca e o know how já testado para que uma pessoa (o franqueado) abra uma unidade da empresa em um outro lugar.

O papel do franqueador e do franqueado

O franqueador é a pessoa que criou a marca, o especialista. Ele já desenvolveu e testou o modelo de negócio da franquia e passa a ceder a sua marca, equipamentos, produtos e conhecimentos para o franqueado.

Nessa relação, o franqueado também tem algumas obrigações. Em primeiro lugar, é preciso que ele tenha perfil empreendedor e afinidade com o tipo de negócio a ser implementado. Ou seja, a franquia precisa fazer sentido para o franqueado, de forma a garantir que ele irá investir suas energias nesse negócio.

Ele tem o papel de obedecer às regras e manter a franquia em crescimento e evolução. A relação entre franqueador e franqueado deve ser de confiança e fidelidade, potencializando as trocas de conhecimentos e estratégia entre esses dois elementos centrais de uma franquia.

Como funciona a franquia

Agora que você já sabe o que é e qual o papel do franqueador e do franqueado em uma franquia, é mais fácil entender como esse tipo de negócio funciona.

Tudo começa quando um empreendedor inaugura um modelo de negócio inovador em determinada região. Com o tempo, ele passa a ter sucesso com o empreendimento e vê a possibilidade de expandi-lo para outras regiões da cidade, estado e, até mesmo, do país.

É aí que começa uma franquia. Toda a metodologia própria da empresa original, assim como os seus conhecimentos, modelo de negócio, produto ou serviço inovador e público-alvo, são passados a uma outra pessoa. Juntos, franqueador e franqueado analisam o melhor lugar para instalar a franquia e o conhecimento é transmitido adiante.

Para isso, é necessário que o franqueado realize um investimento inicial, importante para o início das atividades do negócio. Também é necessário, na maioria dos casos, o pagamento de uma taxa única no início da parceria, taxa referente ao uso da marca e capacitação do franqueado e dos colaboradores.

Com a franquia pronta, basta começar a atuar e aproveitar todos os benefícios que esse investimento pode gerar!

Números do mercado de franquias da atualidade

O mercado de franquias está em pleno crescimento, e a tendência é que ele continue assim. Em 2017, o faturamento total desse setor foi de quase 164 bilhões de reais, segundo dados da Associação Brasileira de Franchising (ABF). Já em 2018, o faturamento cresceu 7,1%, chegando próximo dos 175 bilhões de reais.

Segundo a Associação, o número de redes, assim como o número de franquias, também cresceu nesse mesmo período. O destaque vai para a geração de emprego, que mostrou um aumento de 8,8% de 2017 a 2018, ano no qual o setor empregou aproximadamente 1,3 milhão de profissionais.

Em pesquisa realizada no segundo trimestre de 2019 pela ABF, os números do setor continuam positivos. O faturamento cresceu 5,2% em comparação com o mesmo período de 2018. A cada hora, no segundo trimestre de 2019, foram abertas 3 franquias, o que evidencia a tendência de crescimento desse tipo de negócio nos próximos anos.

Os principais desafios da franquia

Antes de investir em uma franquia, é importante estar ciente de que o empreendimento pode trazer alguns desafios. Dessa forma, você pode se preparar com antecedência para enfrentá-los da melhor forma possível. Descubra agora quais são eles!

Realizar uma gestão eficiente

Uma franquia é um negócio cuja gestão se assemelha à de todos os outros. Afinal, é preciso controlar o fluxo de caixa, realizar uma previsão de custos, manter o estoque em dia e investir em marketing para atrair os clientes.

Portanto, realizar uma gestão eficiente é um dos desafios desse empreendimento. É preciso que você esteja por dentro dos melhores processos e estratégias de gestão para garantir que irá realizar essa tarefa com eficiência.

Lidar com os colaboradores

Você precisa contratar, capacitar e acompanhar o desempenho dos colaboradores da sua franquia. Tudo isso, seguindo o know how e os padrões estabelecidos pelo franqueador. Esse é um dos desafios desse tipo de investimento.

Portanto, antes de investir em uma franquia, estude sobre a gestão estratégica e eficiente de pessoas. É preciso entender como mapear as competências dos colaboradores de forma a identificar aqueles que melhor se encaixam no perfil do seu negócio. Além disso, é preciso capacitar a equipe e motivar os colaboradores para garantir resultados extraordinários para a sua franquia.

Manter os padrões estabelecidos

Em uma franquia, os padrões de qualidade e os processos não são estabelecidos por você. Se, por um lado, isso gera o benefício de garantir que você irá implementar processos já testados no mercado, por outro, exige disciplina para que os padrões sejam mantidos ao longo do tempo.

Portanto, na hora de abrir uma franquia, tenha em mente esse desafio para garantir que irá realizar o trabalho da melhor forma possível!

Tendências no mercado de franquias

Diante da expectativa de crescimento, é importante estar atento às tendências do setor para os próximos anos. Se a área de alimentação domina, seguida por saúde e bem-estar, existem franquias inovadoras que podem ser as novas estrelas do futuro.

Nesse aspecto, franquias de educação começam a ganhar relevância. Além de cursos, principalmente de idiomas, surgem franquias para o ensino de culinária e linguagens de programação. Existem, inclusive, franquias totalmente voltadas ao ensino de conceitos de programação a crianças e adolescentes.

Além disso, franquias que auxiliam a redução de poluentes e preservação do meio ambiente também ganham espaço no mercado. Esse é o caso das franquias voltadas para energias sustentáveis, que já são uma realidade tanto no Brasil quanto no mundo.

Continue a leitura e descubra mais sobre o potencial de franquias de energia solar!

O investimento em franquias de energia solar tem grande potencial

Você já pensou em abrir uma empresa de energia solar? Pois saiba que, quando se fala em franquia, essa pode ser a sua melhor e mais rentável opção. Entenda agora alguns elementos sobre essa área de atuação!

Por que a franquia de energia solar é uma tendência

No universo das franquias, a da área de energia solar vem se destacando como uma das principais tendências. Em primeiro lugar, isso acontece porque a busca por energias renováveis vem crescendo, tanto devido à questão ambiental quanto pela economia de energia elétrica.

Dessa forma, o mercado brasileiro não está apenas aberto a essa tendência, mas buscando cada vez mais as empresas de energia solar. Porém, o número de casas com essa tecnologia ainda é baixo, o que significa que é um mercado que tem enorme potencial de crescimento no território brasileiro.

Por ser um país com grande exposição ao sol, todas as regiões se beneficiam da energia solar. São poucos locais nos quais ela não irá aquecer a água ou gerar energia elétrica de forma eficiente, o que abre ainda mais espaço para o crescimento do seu investimento.

Além disso, para quem decide investir no setor, aderir a uma franquia é muito mais vantajoso. Isso porque, pela franca expansão da energia solar, a concorrência encontra-se bastante acirrada. Fora isso, há a questão da qualidade e segurança dos serviços, muitas vezes deixada de lado em detrimento de preços mais baixos.

Clicando na imagem abaixo, você assiste a uma animação que apresenta outros benefícios e facilidades de investir em uma franquia de energia solar.

Vantagens de investir em uma franquia de energia solar

Como você já pode imaginar, as vantagens de investir em uma franquia de energia solar são muitas:

  • grande possibilidade de crescimento;
  • pouca concorrência;
  • coerência com as demandas ambientais do planeta;
  • alto retorno sobre o investimento;
  • orientações técnicas do franqueador.

Principais cuidados antes de investir

Antes de abrir a franquia de energia solar, é essencial que você tome alguns cuidados. Em primeiro lugar, identifique a concorrência na região na qual você deseja implementar a franquia e avalie a viabilidade do negócio segundo esse elemento.

Caso identifique que é um nicho ainda não ocupado, pesquise sobre os franqueadores para entender qual o melhor para você. É importante contar com uma empresa reconhecida e capaz de oferecer suporte, tanto técnico quanto de gestão.

Antes de abrir a franquia, também é importante passar por um processo seletivo do franqueador, para entender se você possui um perfil compatível com o negócio. Se estiver tudo certo, é o momento de abrir a sua franquia de energia solar!

Como investir em uma franquia de energia solar

Agora é a hora de realmente entender como investir nesse tipo de negócio. Portanto, após o contato com o franqueador e o fechamento do contrato, é hora de colocar a mão na massa para tirar sua ideia do papel.

Comece com um curso de energia solar. Afinal, é essencial que você seja especialista no que está vendendo. Além disso, comece a buscar por colaboradores que também possuem habilidades, tanto técnicas quanto comportamentais, para realizar as atividades da sua empresa.

Agora é só colocar tudo em prática! Encontre o local perfeito para a abertura e siga as instruções da franqueadora para fazer o negócio funcionar.

As vantagens do mercado de franquias

Existem várias vantagens em investir no mercado de franquias. Entenda agora quais são as principais delas!

Suporte do franqueador

Uma das principais vantagens de investir em uma franquia é o suporte que você tem por parte do franqueador. Além de passar todas as diretrizes, o know how e de auxiliar com o plano de negócio e na definição do seu público-alvo, você ainda pode solicitar suporte em outras situações já durante a atuação do negócio. Isso garante que você não ficará desamparado na gestão e enfrentamento de problemas ao longo do tempo.

No vídeo abaixo, você ouve, de um franqueado, sobre a importância do suporte e da capacitação do franqueador. O Lucas Cancio, gestor da franquia da HCC Energia Solar de Campo Bom (RS), conta tudo sobre o início das atividades da sua equipe e alguns dos resultados que eles alcançaram já nos primeiros meses de atuação.

Os custos são reduzidos

Quando comparado com outros tipos de investimento, como a abertura de uma empresa, os custos de investir em uma franquia são bastante reduzidos. O retorno também é mais rápido e você abre portas para um negócio extremamente lucrativo. Isso viabiliza o investimento para você, mesmo com pouco dinheiro em caixa.

Acesso a uma marca consolidada

Uma das maiores dificuldades de quem abre uma empresa é posicionar a marca como referência no mercado. Porém, quando se fala em franquia, esse problema deixa de existir, porque você passa a ter o direito de utilizar os processos e uma marca já consolidada. Dessa forma, garante um bom posicionamento logo no início do negócio, o que facilita o seu crescimento e o desenvolvimento.

Menor risco

Todo investimento envolve uma série de riscos e, com a franquia, não é diferente. Porém, por ter acesso a uma marca e a um modelo de negócio que já funcionam no mercado, esses riscos são reduzidos, aumentando a probabilidade de que a empresa tenha sucesso.

Acesso ao know how já testado

Desenvolver processos de produção e gestão próprios é um outro grande desafio de quem empreende. Quando você se torna um empreendedor de franquia, reduz esse problema, uma vez que tem acesso a um know how já testado.

Isso evita que você cometa uma série de erros na hora de testar os melhores processos, produtos, serviços e estratégias. Dessa forma, você não apenas potencializa o sucesso do negócio, como também o agiliza.

Agora você está preparado para escolher entre os melhores tipos de investimentos existentes no mercado. Nesse momento, lembre-se de levar em consideração o mercado de franquias, já que ele apresenta excelentes números de crescimento. Considere especialmente a franquia em energia solar, uma vez que ela é uma ótima oportunidade de potencializar os seus rendimentos!

Quer saber mais sobre esse mercado? Então descubra como adquirir uma franquia da HCC! É só clicar na imagem abaixo!