Entenda as diferenças entre aquecimento solar e energia solar

Entenda as diferenças entre aquecimento solar e energia solar

Tempo de leitura: 

5 minutos

A energia solar é cada vez mais utilizada graças à expansão das energias renováveis ao redor do mundo, uma vez que a sustentabilidade se torna cada vez mais considerada em nossa sociedade. Usar o sol como recurso energético, no entanto, pode ter fins diferentes e que podem confundir algumas pessoas.

Afinal, você sabe quais são as diferenças entre aquecimento solar e energia solar?

Foi pensando nessa dúvida que elaboramos esse post. Explicaremos aqui, com detalhes, do que se trata cada uma delas, seus sistemas de funcionamento e as suas principais utilidades, assim como as principais diferenças entre cada uma. Continue a leitura para saber mais!

O que é aquecimento solar?

A energia solar térmica, ou aquecimento solar, é aquela que utiliza o sol para aquecer um fluido, como a água. É considerado um sistema mais simples e de fácil instalação e manutenção, que pode ser feita por qualquer pessoa que tenha o mínimo de conhecimento técnico.

Como funciona?

São utilizados painéis ou coletores solares, que apresentam dutos em sua constituição. É lá onde o fluido é aquecido e, em seguida, acumulado em uma espécie de tanque, que também é chamado de boiler. Esses dois itens são fundamentais para que o sistema de aquecimento solar funcione.

Eles podem ser instalados em qualquer tipo de estabelecimento facilmente e não requer um alto investimento. Os painéis precisam ficar expostos ao sol. Dentro dos coletores, estão aletas de cobre ou alumínio que ajudam na absorção da radiação dos raios de sol. O calor é, então, transferido para a tubulação de cobre (também conhecida como serpentina).

De lá, a água é enviada para o boiler, onde não perde a temperatura com o tempo e pode ser utilizada posteriormente.

Quais são as suas principais utilidades?

O aquecimento solar é normalmente utilizado para produzir água quente, climatização de ambientes ou, ainda, em processos relacionados a indústria. A água aquecida é muitas vezes aproveitada para chuveiros, aquecedores de ambientes e piscinas.

Por se tratar de um sistema extremamente eficiente, o aquecimento solar pode reduzir em até 80% o consumo de energia relacionado ao aquecimento de água. Isso é incrível, considerando que os chuveiros elétricos são uma espécie de “vilões” do consumo na conta de luz. O aquecimento solar atua promovendo menor dependência da energia elétrica, economia financeira e ainda contribuindo para o meio ambiente.

O que é energia fotovoltaica solar?

Por muito tempo, esse sistema de energia solar foi empregado em fazendas e sítios, devido aos sistemas básicos de aquecimento. No entanto, esse processo foi bastante aprimorado por conta de novos estudos, e essa tecnologia se tornou uma opção bastante utilizada, principalmente em países desenvolvidos.

Como funciona?

Para gerar energia elétrica nesse caso, é preciso utilizar módulos ou painéis fotovoltaicos. São eles que transformam a incidência dos raios de sol em energia elétrica. As células fotovoltaicas são fabricadas a partir de elementos semicondutores, como o silício. Quando as células são expostas à luz solar, os elétrons absorvem as partículas de energia que são constituintes da luz do sol (fótons).

Os custos para a instalação desse sistema costumam ser mais altos, mas o retorno do investimento se dá com enorme economia de energia elétrica, de médio a longo prazo. Os custos principais estão relacionados à instalação do gerador fotovoltaico, desde a elaboração do projeto ao estabelecimento da infraestrutura.

Tudo pode ser implementado com a ajuda de financiamentos. Porém, a tendência é que ocorra o aumento da produção e fabricação nacional, o que pode adequar os custos à nossa realidade financeira. Além disso, é uma forma de agregar valor ao imóvel aonde é instalado, exatamente devido aos benefícios de consumo para a conta de energia e para o meio ambiente.

Como é obtida?

A transformação de energia solar em energia elétrica se dá por meio dos painéis fotovoltaicos, que são interligados e devem ser instalados em uma superfície de bastante incidência dos raios de sol.

Os painéis são conectados a um inversor solar, responsável por transformar a energia fornecida pelos painéis, chamada corrente contínua, em corrente alternada. Dessa forma, a corrente elétrica é distribuída pelo quadro de energia e, assim, é possível alimentar todos os equipamentos elétricos da residência.

Os painéis fotovoltaicos estão cada vez mais potentes e duradouros, muito por conta dos avanços tecnológicos mais recentes. O aproveitamento da luz solar também aumentou, ultrapassando os 40% atualmente. O sistema fotovoltaico não requer alta irradiação solar para funcionar de maneira adequada.

Como pode ser utilizada no dia a dia?

A energia proveniente do sol pode desempenhar várias funções. O seu uso mais frequente está na transformação para energia elétrica. Pode ser usada em televisores, aparelhos de som, lâmpadas, computadores e motores elétricos. Ou seja, tudo o que estiver conectado na tomada e usa energia elétrica.

Quais são as diferenças entre o aquecimento solar e a energia solar?

Apesar de os dois sistemas serem ecologicamente corretos, existem diferenças interessantes. A tecnologia utilizada no aquecimento solar consiste em um sistema hidráulico; já a tecnologia utilizada para gerar a energia fotovoltaica solar é uma espécie de sistema elétrico.

O sistema de energia fotovoltaica não é recomendado para o aquecimento de chuveiros, mas é considerada mais avançada e complexa. Ela atende com excelência outros equipamentos eletrônicos e elétricos.

O sistema de aquecimento solar requer a manutenção periódica a cada quatro meses, aproximadamente. A limpeza pode ser feita com água e sabão nos painéis. Já o sistema de energia fotovoltaica solar requer manutenção apenas a cada seis meses.

O foco principal é a remoção da poeira e a revisão das instalações. O mais indicado é a contratação de um serviço profissional para cumprir esses serviços.

Placas fototérmicas são normalmente feitas de metais como aço, inox ou cobre. Por outro lado, as placas fotovoltaicas possuem painéis com diversas camadas de células, normalmente feitas de silício.

Os preços de cada sistema variam de acordo com o porte da edificação em que será instalado. A quantidade de pessoas a quem o sistema atenderá também é considerado.

Sistemas de energia limpos e sustentáveis são alternativas ideais para limitar os efeitos das mudanças climáticas sentidas por nós a cada ano, além de serem formas de explorar o sol, a nossa fonte infinita e renovável de energia.

Dessa forma, entendendo as diferenças entre aquecimento solar e energia solar, é possível mensurar a melhor opção para cada caso.

E então, o que achou deste conteúdo? Esclarecemos as diferenças entre aquecimento solar e energia solar? Para seguir acompanhando outros artigos relevantes como este, assine a nossa newsletter e receba cada novidade assim que for postada no blog da HCC Engenharia.