Inclinação de painel solar: saiba o que considerar em sua instalação!

Inclinação de painel solar: saiba o que considerar em sua instalação!

Tempo de leitura: 

5 minutos

O painel solar tem sido uma alternativa sustentável para gerar economia na conta de luz, bem como para reduzir os níveis de agressão ao meio ambiente. Porém, são necessários cuidados na hora da instalação, que deve ser realizada por uma equipe especializada e composta por profissionais que já trabalham na área, para que seja efetuada da forma correta.

A inclinação dos painéis solares é de fundamental importância para a captação da radiação. Esse detalhe deve ser considerado no projeto personalizado, realizado por uma empresa que forneça e instale o equipamento.

Neste post, veja o que deve ser levado em conta no momento de instalar o painel em sua casa ou em sua empresa. Acompanhe!

Pontos de instalação

Não é viável fazer a instalação em áreas sombreadas, já que a intenção é aproveitar ao máximo a radiação solar. Outra recomendação é instalar os painéis o mais perto possível dos ambientes de consumo.

Os módulos podem ser instalados não apenas sobre telhados, mas sobre postes, lajes e até coberturas de estacionamentos — o importante é que sejam lugares mais altos.

Fatores básicos

Existem três fatores básicos que garantem a eficiência na instalação de um sistema de captação de energia solar:

  • orientação;
  • inclinação;
  • área.

Se esses três fatores forem desconsiderados, o sistema não funcionará com total eficiência — ou seja, a captação solar e a distribuição adequada da energia ficarão comprometidas.

Saiba mais sobre esses aspectos.

Orientação

É importante encontrar a orientação correta para desenvolver o sistema, de forma que os painéis fiquem o maior tempo possível expostos à radiação do sol. Assim, eles terão condições de captar o máximo de energia solar.

Definir corretamente a posição dos módulos é um passo decisivo para assegurar que o sistema funcionará perfeitamente.

Em nosso hemisfério, que é o sul, a melhor orientação para o sistema fotovoltaico é o norte geográfico — que não é o norte magnético, apontado pela bússola. Na verdade, a diferença entre o norte geográfico e o magnético oscila entre 20º a 30º.

Ainda que sistemas orientados para o oeste ou para o leste sejam eficientes, eles oferecem resultados inferiores aos oferecidos pelos sistemas orientados para o norte, porque perdem irradiação durante o dia:

  • painéis direcionados para o leste perdem irradiação à tarde;
  • painéis direcionados para o oeste perdem irradiação durante a manhã.

Área

Também é importante calcular a área em que os painéis serão instalados, que terá relação direta com a potência do sistema. Essa potência, por sua vez, está condicionada pela quantidade de energia que será gerada.

Para definir a quantidade de painéis solares, é preciso conhecer o consumo mensal do lugar, considerando que o imóvel já tenha moradores. Para os projetos que ainda estão em fase de planejamento, é possível fazer uma estimativa do consumo considerando o projeto elétrico, que definirá a potência que será instalada e a área requerida.

Como referencial, pode-se tomar como modelos os dois tipos de painéis solares mais usados: os que têm 60 células (1,60m x 1m; 18,2kg) e os que têm 72 células (1,96m x 1m; 22kg).

Em uma simulação, é possível considerar uma área de 2 m2 para cada painel. Essa área garante o espaço para todo o sistema, bem como para os espaços de circulação circundantes.

Se quiser saber com precisão a área e a potência necessárias à instalação de um sistema fotovoltaico em sua casa ou residência, clique no botão abaixo e utilize o nosso simulador online e gratuito!

Inclinação de painel solar

É fundamental garantir a devida inclinação de painel solar, pois ela será determinante para a eficiência de todo o sistema.

Ângulo solar

O ângulo solar de incidência sobre o sistema fotovoltaico varia durante o ano, conforme a altitude do astro-rei. A maior parte dos painéis instalados considera o ângulo de inclinação dos telhados. Além da maior facilidade, essa forma de instalação reduz os efeitos indesejados do vento sobre os painéis.

Contudo, nem sempre o ângulo da inclinação é o mesmo ângulo da inclinação do telhado. É por isso que o ângulo mais recomendado é o da latitude local.

Fórmula de cálculo da inclinação do painel

Uma fórmula usada para calcular a inclinação de painel solar é:

  • inclinação = latitude + (latitude / 3).

Não há um resultado preciso, mas aproximado. Geralmente, a inclinação vai variar entre 25º e 30º. Uma inclinação inferior a 15º não é aconselhada, pois tende a acumular muita sujeira na superfície dos painéis.

Condições atmosféricas locais

Os fatores climáticos locais também interferem na eficiência dos painéis solares. Podem existir, por exemplo, manhãs ou tardes muito nebulosas. Também podem existir épocas de muito nevoeiro ou poeira.

Considerando a orientação norte, de modo geral, o sistema fotovoltaico oferecerá os seguintes resultados: uma inclinação maior terá melhor desempenho no inverno, enquanto que uma menor inclinação terá melhor desempenho no verão.

Se for viável, poderão ser feitas pequenas modificações na orientação, considerando o leste e o oeste.

É curioso que telhados planos e lajes impermeabilizadas continuam sendo receptivos aos painéis solares. Isso acontece porque, por meio de estruturas metálicas, a inclinação pode ser corrigida.

É necessário conhecer o índice solarimétrico da região em que será instalado o sistema. Isso não é tão complicado, usando a internet: basta acessar o Google Maps, clicar com o botão direito na região ou lugar e escolher “O que há aqui”. No canto de cima da tela do computador, aparecerão as coordenadas geográficas, que deverão ser copiadas.

Depois, deve-se acessar o site da Cresesb (Centro de Referência para as Energias Solar e Eólica Sérgio de S. Brito) e colar tanto a latitude como a longitude apresentadas no Google Maps, respeitando inclusive o sinal negativo (-) — o sistema da Cresesb corrigirá o sinal. Depois, clique em “Buscar” e os resultados surgirão na tela.

Existem resultados primários e secundários. Por isso, é necessário contar com a atuação de uma empresa especializada, cujos profissionais saberão ler e interpretar os resultados, identificando as médias e fazendo a análise final.

Inclinação desfavorável dos telhados

Sempre que a inclinação dos telhados não for ideal, ou que eles não oferecerem exposição suficiente ao sol, uma possibilidade é instalar os painéis ao nível do solo.

O planejamento deve considerar cuidadosamente essa possibilidade, lembrando que, ao nível do solo, o sistema de captação de energia solar ficará mais vulnerável e poderá ocupar mais espaço.

Necessidade de uma empresa especializada

Para evitar erros na inclinação de painel solar e em outros cálculos, orientação malfeita, escolha de pontos inadequados e outros problemas, o ideal é contratar os serviços de uma empresa especializada no assunto.

A própria empresa fornecedora do sistema poderá fazer o projeto personalizado para o cliente e realizar a instalação do sistema, garantindo segurança e eficiência.

O que você acha da ideia de usar um sistema fotovoltaico para geração de energia? Entendeu agora como se calcula o ângulo de inclinação de painel solar? Aproveite para deixar seu comentário aqui no blog.