Investir em energia solar para casas populares é um bom negócio?

Investir em energia solar para casas populares é um bom negócio?

Tempo de leitura: 

11 minutos

No final de 2019, esperava-se uma alta média nas tarifas de conta de luz de em torno de 2,36%. Com os constantes reajustes ano a ano, essa despesa tem pesado no bolso dos brasileiros, que buscam alternativas energéticas.

Mesmo os imóveis comuns precisam se preocupar com tal questão, já que o custo da eletricidade pode afetar o orçamento familiar. Diante disso, investir em energia solar em casa pode ser uma boa alternativa.

Ideal para construtoras, essa possibilidade traz alguns pontos especiais e que realmente valem a pena. No entanto, antes de incluir essa etapa em um projeto, é fundamental compreender se o investimento realmente vale a pena.

Este assunto interessa a você? Para tirar suas dúvidas, confira se adotar energia solar para casas populares é uma boa decisão!

Como funciona o painel que garante energia solar em casa?

Acredite: leva menos de dez minutos para que a luz do sol percorra a trajetória até chegar aos painéis solares do seu telhado. O funcionamento é muito simples e rápido.

Primeiro, o painel recebe a luz, que é convertida pelo inversor solar. A energia que sai dele vai para seu quadro, para que possa ser distribuída para toda a sua casa.

Ela pode ser usada para televisores, aparelhos de som, computadores, lâmpadas, motores elétricos, enfim, tudo o que precise de energia elétrica e esteja conectado na tomada de casa. Quando você produz mais energia do que consome, o excesso se transforma em créditos.

Dessa forma, você tem uma reserva para utilizar durante a noite ou então nos próximos meses. Não tem segredo! Você ainda conta com a segurança de ter energia a qualquer hora, seja qual for o clima ou a estação.

Quais são os benefícios da instalação?

Ao criar projetos que envolvem essa geração diferenciada de energia, uma construtora aproveitará diversas vantagens. Alguns desses efeitos se estendem aos futuros proprietários, o que melhora o desempenho das vendas.

Quer ver como isso acontece? Então, descubra quais são os benefícios de realizar tal instalação.

Redução dos custos com energia

Como dito, os gastos com a rede elétrica são os vilões do orçamento das famílias. Para núcleos de pessoas de classe C ou D, os impactos podem ser ainda maiores. Com isso, é de extrema relevância apresentar soluções econômicas a esses grupos sociais.

O investimento em energia solar em casas populares gera economia nos custos com a conta de luz. Dessa forma, as famílias ficarão mais tranquilas com essa parte do orçamento e estarão dispostas a fazer a aquisição do imóvel, por exemplo.

Sabemos que, à primeira vista, a compra e a instalação de painéis solares podem parecer caros. Porém, a economia em longo prazo é muito significativa, afinal, a luz do sol é gratuita!

Se compararmos todo o investimento em um sistema fotovoltaico — e a mínima manutenção necessária ao longo da sua vida útil — com a energia gerada ao longo desses anos, ficará claro que a energia solar é muito mais barata do que aquela da distribuidora.

Ampliação do valor agregado

Ao adicionar o sistema de energia fotovoltaica ao projeto do imóvel, as famílias pagarão o preço embutido já nas parcelas do financiamento. Com a diluição ao longo dos anos, o recurso não gera um grande impacto nos custos de aquisição e não aumenta tanto o valor das prestações.

Como o uso desse sistema de energia cria economia com a conta de luz, o imóvel se torna mais interessante e atraente e tem um valor agregado mais elevado. Como consequência, mais famílias ficarão satisfeitas com a compra.

Fonte de energia renovável

O petróleo, principal fonte de energia e combustível do mundo, não é um recurso renovável. Ou seja, assim que ele acabar, indústrias, empresas e pessoas que dependem dele não terão como recompor seu uso. Por isso, a busca por energias renováveis e que não poluam o meio ambiente tem sido muito importante para o futuro.

A energia solar não polui durante a sua utilização. O impacto ambiental decorrente da fabricação dos painéis e de outros equipamentos necessários para construir o sistema é 20 vezes menor do que a energia que será produzida por eles durante sua vida útil.

Além disso, os painéis fotovoltaicos não produzem ruídos ao gerar energia solar. Isso porque as placas utilizam processos fotoquímicos, e não mecânicos, para gerar energia elétrica. Portanto, a instalação pode ser feita em qualquer lugar, sem incomodar os vizinhos e sem gerar poluentes nocivos à saúde e à natureza.

Painéis solares cada vez mais potentes

Os painéis solares são cada vez mais potentes, e o seu custo vem decaindo. Esses fatores tornam a energia solar em casa ainda mais viável economicamente.

Viabilidade em todo o território nacional

Por ser um país tropical cortado pela Linha do Equador, o Brasil recebe uma grande quantidade de radiação solar durante todo o ano. Assim, é capaz de gerar muito mais energia do que poderíamos consumir.

Além disso, em lugares afastados dos centros de produção energética, esse sistema ajuda na diminuição da procura e da perda de energia que acontece na transmissão.

O sistema fotovoltaico é extremamente vantajoso e confiável, pois, ao contrário de outras fontes geradoras, os painéis dependem exclusivamente da luz solar. No mais, a sustentabilidade ligada à geração limpa de energia é algo crucial nos dias de hoje.

Alcance a lugares remotos

Como mencionado, a energia solar em casa é uma excelente solução para lugares remotos ou com difícil acesso, à medida que sua instalação em pequena escala não resulta em grandes investimentos em linhas de transmissão.

Rápida instalação e fácil manutenção

A instalação de sistemas fotovoltaicos é rápida e descomplicada: os prazos médios são de dois a três dias. Na maioria dos casos, todas as placas solares e os inversores são fixados nas estruturas já existentes dos imóveis e, quando necessário, exigem apenas pequenas adaptações.

O funcionamento desse sistema também é descomplicado. A partir da instalação e da verificação de todos os componentes, o inversor pode ser configurado e ligado, gerando energia elétrica.

Além disso, não existem peças móveis nos painéis fotovoltaicos, ou seja, o desgaste mecânico é praticamente inexistente. Assim, os equipamentos duram mais de 25 anos com apenas uma limpeza anual.

Diferencial competitivo

Além da economia gerada, o sistema de energia solar faz com que as casas populares sejam sustentáveis. Com menor impacto ao ambiente, as pessoas têm um motivo extra para realizar a aquisição.

Fazer tal investimento permite que a construtora saia na frente dos concorrentes que não adotam essa possibilidade como padrão. Desse jeito, o negócio se torna mais competitivo e atrai novos compradores com maior facilidade — afinal, quem não deseja economizar e concluir uma boa compra?

Quais são os incentivos do governo?

O potencial de geração de energia solar no Brasil não é inteiramente aproveitado. Para estimular a utilização do recurso, o governo tem investido em programas que favorecem essa opção.

Além de criar o Plano de Energia Solar, também foi estabelecida uma norma voltada para imóveis populares. A Portaria n°. 643/2017 estipula todas as regras necessárias para adotar esse sistema em casas desse tipo.

Para as construtoras, significa sair na frente dos concorrentes e ter prioridade para elaborar os projetos. Como resultado, o governo permite a venda de energia no mercado livre, o uso de FGTS para a aquisição e até elementos de isenção do ICMS sobre a energia gerada.

O que considerar antes da instalação?

Para que o investimento de energia solar em casas populares seja concluído da maneira correta, é essencial que a instalação seja feita de forma muito bem planejada. Portanto, tudo começa pelo dimensionamento do sistema.

Verifique qual será o provável consumo por hora para cada residência e, então, pense em qual será a capacidade do sistema fotovoltaico. É indispensável cuidar desse aspecto para que haja uma economia real e satisfatória.

Planeje, ainda, qual será o posicionamento dos painéis solares e como tudo será integrado à construção. Ao tornar o imóvel adaptado para essa energia, os efeitos serão melhores e mais facilmente obtidos.

Também é fundamental considerar qual é o potencial de geração de energia solar na localidade de cada construção. O ideal é que as placas sejam expostas ao máximo de incidência de raios solares, pois isso aumentará a capacidade de geração.

Tudo deve estar previsto no projeto, de forma padronizada e com economia. Ao ter visibilidade sobre o que deve ser feito, é possível obter os benefícios da geração solar sem tornar os imóveis inacessíveis.

Como as placas solares são instaladas?

A instalação das placas solares deve sempre ser feita por um técnico ou engenheiro experiente. Não tente realizar o processo por conta própria, porque você pode se machucar no processo. Além disso, para conectar o sistema em sua casa, é preciso uma autorização específica da distribuidora de energia.

Esta, por sua vez, somente pode ser solicitada por engenheiros e eletrotécnicos. Sendo assim, o primeiro passo para a instalação é uma visita técnica desses profissionais, que vão formalizar seu orçamento. Em seguida, eles começarão a desenvolver um projeto específico para sua residência.

Assim que tudo estiver pronto e devidamente autorizado, a equipe técnica sobe no telhado da casa e desenha a posição de cada painel solar. Em seguida, os suportes são aparafusados nos pontos para a fixação do sistema.

Depois, estruturas pré-fabricadas em alumínio são encaixadas, como se fossem trilhos. As placas são colocadas por cima, os cabos são conectados e o eletricista entra em cena para conectar com a rede. Assim, você poderá começar a economizar na conta de luz e aproveitar ao máximo a energia solar em casa.

Como funciona a manutenção das placas solares?

Para ter um bom aproveitamento da energia solar em casa, é importante fazer a manutenção periódica do equipamento. A boa notícia é que ela é mínima e de baixo custo, ou seja, basicamente não gera qualquer tipo de trabalho para você. Veja o que fazer para garantir a durabilidade do seu sistema!

Invista na limpeza anual

Em geral, a única providência a ser tomada é a limpeza das placas solares. Isso pode ser feito uma vez por ano ou se, por acaso, você notar certa queda na produção de energia.

A limpeza também é simples, e acontece da mesma maneira como você lava uma janela: com um pano e um pouco de água, os resultados são excelentes. Apenas tenha cuidado ao realizar esse processo, principalmente, para sua segurança.

Nunca aplique produtos químicos

Mesmo que pareça ser preciso mais do que água para a limpeza, jamais coloque produtos químicos nas placas. Eles podem causar estragos, em especial, naquelas que são mais antigas.

Não force as placas

Jamais coloque força nas placas durante a limpeza. O ideal é esfregar com leveza e cuidado. Evite, também, pisar ou se ajoelhar em cima delas, porque dificilmente elas suportarão o seu peso e podem se quebrar.

Faça a limpeza no horário certo

Por falar em segurança, não se esqueça de fazer a limpeza durante o horário correto. Os melhores momentos do dia são pela manhã, logo cedo, ou perto do anoitecer, o que evita choques térmicos.

Utilize ferramentas adequadas

Não use instrumentos abrasivos em contato com as placas, caso você mesmo queira fazer a manutenção. Espojas, jatos de água e itens metálicos são inimigos desse material e podem danificá-lo de maneira permanente.

Observe as condições dos demais dispositivos

Sempre que precisar fazer a manutenção, observe também as condições dos demais dispositivos. Se perceber qualquer tipo de irregularidade, vale a pena procurar o olhar crítico de um profissional. Assim, qualquer troca necessária é feita antes que se torne uma dor de cabeça para você.

Verifique a integridade do inversor solar

Outra questão que pode pedir manutenção é o inversor solar. A depender do tipo usado, ele deverá ser trocado dentro de cinco ou dez anos. Nesse caso, vale acionar um profissional para averiguar e fazer a troca corretamente.

Como o custo desses procedimentos é baixo, você não gasta mais do que 1% ao ano em relação ao valor total do sistema.

Quais cuidados podem melhorar seu desempenho?

O desempenho do painel de energia solar pode aumentar se você tomar alguns cuidados básicos. São providências que estão ao seu alcance e que fazem a diferença para que você tenha, com certeza, um ótimo retorno em relação ao seu investimento.

Preze pelas manutenções periódicas

Em primeiro lugar, jamais deixe que o tempo de manutenção passe. Tente cumprir a checagem na periodicidade correta.

Conte com uma empresa especializada, caso sinta a necessidade. Ainda que o sistema seja muito durável, essa é uma questão de segurança e economia.

Use equipamentos de qualidade

Não se esqueça, também, de escolher equipamentos de qualidade, para afastar qualquer possibilidade de enfrentar transtornos com produtos falsificados ou frágeis. Certifique-se de que toda a documentação junto à distribuidora de energia está correta, para continuar a usar a energia solar em casa.

Verifique a garantia das peças do sistema

Por fim, lembre-se de comprar apenas equipamentos que tenham garantia. Cada parte do sistema tem um período diferente de cobertura, então, tenha certeza de que tudo está em ordem. Saiba que, com esses cuidados, seu sistema pode funcionar com perfeição por mais de 30 anos!

Como escolher uma empresa para realizar a instalação?

Além de considerar esses pontos, investir em energia solar para casas populares exige a seleção de pessoal especializado para concluir a instalação. Somente ao contar com uma empresa capacitada é que o projeto poderá atingir todas as suas expectativas e necessidades. Por isso, veja quais são os fatores a considerar.

Experiência

Em primeiro lugar, veja qual é a experiência da empresa no mercado. Ter alguns anos de atuação no ramo demonstra que o negócio tem se fortalecido e que é capacitado para viabilizar esse investimento.

Qualidade

Aproveite e conheça a qualidade de atendimento e dos equipamentos. Todos os itens devem ser feitos com tecnologia robusta para que tenham um bom funcionamento. Paralelamente, a instalação tem que ser realizada por uma equipe capacitada e competente, de modo a evitar problemas no futuro.

Reputação

Para ter maior segurança em sua escolha, também é interessante procurar informações sobre a reputação do estabelecimento. Veja o que dizem os clientes, peça referências para outros empreendimentos que contrataram os serviços e descubra se tudo aconteceu de acordo com as expectativas.

Uma reputação positiva, normalmente, indica que se trata de uma excelente contratação.

Capacidade técnica

Depois de considerar todos esses aspectos, solicite uma proposta e verifique se a empresa de instalação tem a capacidade necessária para atender a todas as construções. Ao centralizar o fornecimento dos itens de energia solar, será mais fácil ser bem-sucedido na tarefa.

Investir em energia solar em casa é uma excelente saída para aumentar a atratividade dos imóveis e diminuir os custos com a conta de luz. Ao realizar um processo estruturado e com a empresa certa, é possível, até mesmo, obter benefícios e incentivos do governo.

Portanto, agora que você já conhece todos os detalhes acerca dos processos necessários para investir em energia solar, não deixe de procurar essa alternativa. Em pouco tempo, você perceberá o quanto a sua vida vai mudar, inclusive quando se trata do lado financeiro.

Agora que você já sabe um pouco mais sobre o assunto, que tal se manter sempre atualizado? Cadastre-se em nossa newsletter para receber mais conteúdo exclusivo, diretamente em seu e-mail!