Descubra aqui 8 dicas de como ter uma casa sustentável!

casa-sustentavel-hcc-energia-solar

Tempo de leitura: 

4 minutos

A sustentabilidade é uma tendência mundial, mas você sabe a melhor forma de aplicar essas mudanças no seu lar? Tem ideia dos benefícios que essas práticas podem trazer? Em um mundo cada vez mais preocupado com o meio ambiente, ter uma casa sustentável é uma medida de grande importância.

Por meio de pequenas adequações na rotina e na estrutura de sua residência, você já pode ver as as vantagens que essas ações trazem. Entre elas, estão a economia em diversas contas e o prazer de saber que está ajudando o planeta.

Por isso, separamos aqui 8 dicas de como ter uma casa mais sustentável!

1. Reduza o consumo de água e energia

Uma forma simples, porém muito eficiente, de fazer da sua casa um ambiente mais sustentável é reduzir o consumo de água e energia elétrica. Ao adotar pequenas medidas, você pode fazer uma grande diferença.

Observe as contas de luz e água para ir analisando a economia que está sendo feita. Veja algumas dicas para diminuir o consumo:

  • mantenha o chuveiro fechado enquanto estiver se ensaboando ou lavando os cabelos;
  • feche a torneira enquanto faz a barba ou escova os dentes;
  • não deixe luzes acesas se não tiver ninguém no ambiente;
  • aproveite a iluminação natural, mantenha janelas abertas quando possível e utilize cortinas mais claras;
  • lave roupas quando a máquina estiver cheia, evite várias lavagens;
  • reutilize a água da máquina de lavar para fazer a limpeza do chão.

2. Separe o lixo reciclável

Outra tarefa simples e que também causa um grande impacto positivo na sustentabilidade de sua casa é a reciclagem do lixo produzido. Para isso, é importante fazer a separação do lixo orgânico do reciclável. Após a divisão, veja em sua cidade a forma correta de descartar esse material nos dias e locais determinados.

Dar uma nova utilidade para esse detrito também é uma forma eficiente de reciclagem. No nosso próximo tópico, daremos uma ótima dica de como fazer isso. Na internet, você também encontra diversas sugestões do que fazer com esse material, desde luminárias a canecas — é só procurar o que agrada mais!

3. Tenha uma horta

Por que não reutilizar aquela caixa de leite ou garrafa PET vazia para fazer uma horta dentro de casa? Além de dar um novo destino para as embalagens que demoram anos para se decompor, você ainda tem acesso a temperos fresquinhos para cozinhar sua refeição.

As hortas podem ser feitas em pequenos espaços e, até mesmo, na vertical! Além de proporcionar um novo sabor no preparo de sua comida, elas podem ajudar a umidificar e purificar o ar, pois plantas absorvem o CO2 presente e eliminam oxigênio, dando novos ares a sua residência.

Procure um lugar onde bata sol e comece a cuidar da sua hortinha. Logo, você verá os benefícios que ela traz.

4. Faça compostagem

Você sabia que o lixo que não pode ser reciclado também tem a chance de ganhar um novo lar? Que tal você mesmo fazer o adubo para sua hortinha com o material orgânico de sua residência?

Você pode montar uma composteira doméstica aproveitando diversas substâncias que são descaradas no dia a dia, como pedaços e cascas de frutas, borra do café e sachês de chá. Tudo isso vira um adubo abundante de nutrientes que vai fortalecer sua horta e as plantas de sua casa de forma saudável e eficiente.

5. Utilize lâmpadas de LED

Você sabia que as lâmpadas de LED são as que têm menor consumo de energia? Utilizá-las vai trazer uma economia significativa em seus gastos.

Enquanto lâmpadas incandescentes gastam, em média, 60W, e as fluorescentes, 15W, as de LED consomem apenas 7W. Apesar de as lâmpadas de LED apresentarem um preço mais elevado, o seu investimento se justifica pelo seu menor gasto de energia e grande durabilidade, agregando à sustentabilidade em sua residência.

6. Aproveite a energia solar

A prática de manter as janelas abertas para deixar a luz entrar é uma excelente forma de economizar energia, pois não há necessidade de manter as lâmpadas acesas e ainda permite a renovação do ar em ambientes internos. Por isso, abra tudo sempre que possível.

Porém se você quer aproveitar ao máximo essa fone de energia, pense em instalar painéis solares, o que terá um grande impacto na sustentabilidade de sua residência. Esses painéis convertem a luz solar em energia elétrica.

Dessa forma, proporcionam ao consumidor menor dependência da energia urbana. Você pode, inclusive, estocar o excedente, proporcionando maior autonomia e uma grande economia na conta de luz.

7. Aproveite a água pluvial

Agora que você viu como aproveitar a energia solar, que tal fazer isso também com a água da chuva? Para isso, basta instalar um sistema de captação de água pluvial adequado, no qual ela será escoada para reservatórios específicos por meio de tubulações.

Essa água extra pode ser utilizada na lavagem de áreas externas, na irrigação de suas plantas e hortas e, até mesmo, em tanques de privadas. Com mais essa fonte hídrica em sua residência, haverá uma economia significativa em suas contas.

8. Utilize sensores de presença

Essa é outra prática que necessita de algum investimento inicial, mas que, com o tempo, demonstra ser um grande benefício em sua residência. Mesmo que os moradores da casa sejam conscientes, há sempre a chance de esquecer a luz de um local aceso e, quanto mais pessoas, maiores as possibilidades de isso acontecer.

Então, para se livrar desse empecilho, que tal colocar sensor de presença nos locais que não necessitam de luz corrente, como garagens e corredores? Desse modo, a luz desses ambientes só ficará acesa quando houver alguém nesse locais. Com o passar do tempo e com a economia, o investimento se mostra válido.

Agora que você já sabe como ter uma casa sustentável, que tal começar a fazer a diferença? Analise as práticas que podem ser implementadas e veja a melhor forma de fazê-las. Com isso, verá a diminuição do impacto ambiental e os benefícios que elas trazem, como a redução das contas de consumo.

Se gostou do artigo e quer saber mais sobre o assunto, siga-nos em nossas redes sociais — estamos presentes no Facebook, Linkedin, Youtube e Instagram!