Futuro sustentável: o que esperar sobre a sustentabilidade para os próximos anos

Futuro sustentável: o que esperar sobre a sustentabilidade para os próximos anos

Tempo de leitura: 

4 minutos

Nos últimos anos, a grande maioria das empresas levantaram suas bandeiras em favor da criação de um futuro sustentável. Mesmo com a instabilidade da economia, algumas delas já iniciaram ou dobraram seus investimentos.

Isso nos mostra que, a percepção de que a preocupação com a sustentabilidade é válida apenas para momentos de crescimento econômico está ultrapassada. Trata-se, portanto, de uma causa fundamental e importante para os empreendimentos.

Além de ser um fator crucial, atualmente, investir em um futuro sustentável é essencial para a criação de uma marca e para garantir a competitividade de uma empresa. Vamos ver um pouco mais sobre isso, a seguir.

O que é sustentabilidade para as empresas?

A sustentabilidade não é um tópico novo, mas algumas iniciativas se tornaram tendência nos últimos anos e vêm sendo cada vez mais discutidas. Elas ficaram ainda mais evidentes durante a pandemia do coronavírus.

Nas empresas, trata-se de um conjunto de ações e políticas enviesadas à criação de uma economia sustentável e que seja socialmente responsável para garantir seu desenvolvimento.

Ligada ao crescimento de indústrias e empresas, a sustentabilidade empresarial se preocupa com a evolução da economia de forma responsável, com a ajuda de medidas que protejam aspectos ambientais e econômicos.

Por que a sustentabilidade tem sido uma pauta tão presente?

Empresas que invistam em ações de sustentabilidade são preferidas pelo público. Em 2010, uma pesquisa da Edelman Significa mostrou que 81% dos brasileiros são mais propensos a comprar produtos de empresas que apoiam causas socioambientais.

Portanto, é possível observar que a preocupação com um futuro sustentável não é apenas superficial, mas sim, uma exigência do público consumidor atual. Por isso, investir em sustentabilidade vem se mostrando algo muito relevante e observável. É importante que as empresas incorporem os preceitos da sustentabilidade, atuando de modo a desenvolver ações que sejam alinhadas aos seus valores corporativos.

Isso porque as iniciativas devem ser autênticas para que o consumidor veja essa postura em favor do futuro sustentável como algo intrínseco aos processos, e não apenas como oportunismo. A mudança de postura de uma empresa que opta por investir em iniciativas visando ao futuro sustentável deve ser, portanto, genuína.

Em quais pilares um futuro sustentável deve se apoiar?

Um futuro sustentável tem embasamento em alguns princípios básicos. Vamos falar um pouco sobre os mais importantes para empresas, na sequência do texto!

Responsabilidade social

Uma empresa, como organização que faz parte de uma sociedade, deve ser benéfica não apenas para seus proprietários, mas também, para seus consumidores e toda a comunidade que pode ser impactada por ela.

Por isso, a sustentabilidade empresarial se preocupa em adotar e incorporar como cultura genuína posturas que apoiem causas sociais, ambientais e econômicas do meio em que estão inseridas.

Ecoeficiência: otimização e economia de consumo de energia e tempo

Posturas que visem à otimização de consumo de energia e outros recursos, como a água, além da otimização do tempo, não só são iniciativas importantes do ponto de vista ambiental, como também, econômico.

O tempo de produção ou aquele gasto na prestação de um serviço está intimamente ligado ao quanto de recurso é destinado na manufatura daquele produto, logo, no seu custo final. A otimização de recursos e de tempo (ou, em resumo, a ecoeficiência), portanto, é de extrema importância para a empresa que se preocupa com um futuro sustentável.

Incentivo ao consumo sustentável

Os padrões de consumo atuais da sociedade, e o modelo produtivo adotado para atender às demandas de consumo, são ameaças reais e constantes para a disponibilidade de recursos no planeta. Dessa forma, uma empresa que se preocupe com um futuro sustentável deve estar atenta a fomentar e adotar posturas de produção que favoreçam o consumo sustentável.

Vale lembrar que o consumo consciente é importante não só ambientalmente, como também, do ponto de vista social, uma vez que é comum que exista uma grande dissonância nos padrões de consumo de países, de acordo com seu nível de desenvolvimento.

Dessa maneira, o consumo sustentável ou consciente é extremamente importante — e um dos principais pilares que devem existir em um futuro sustentável.

e-book hcc energia solar

Quais são as perspectivas do setor para os próximos anos?

Alguns setores já se preocupam mais, e poderão sentir fortemente os impactos da necessidade da adoção de políticas de sustentabilidade.

Extração de commodities

Commodities como petróleo, gás natural e alguns alimentos, como grãos, são culturas que já sofrem os impactos da necessidade de adotar um posicionamento mais sustentável em sua atuação.

Isso porque são segmentos conhecidos por impactar muito negativamente os recursos naturais, como também, por depender de um meio ambiente saudável para que seus negócios tenham um futuro garantido.

Agricultura sustentável

Como assinalado anteriormente, a agricultura como um todo, seja na geração e cultivo de commodities, seja no fornecimento de outras matérias-primas, é totalmente dependente da existência de um futuro sustentável.

Por isso, cada vez mais, há o investimento nas culturas orgânicas, livres de agrotóxicos e, até mesmo, naquelas culturas alternativas (como a utilização de plantas alimentares não-convencionais). Essa aposta evita que se prejudique a vegetação nativa de um espaço. Esse é apenas um exemplo das possibilidades existentes de se adotar uma agricultura sustentável.

Novas alternativas para ingredientes tóxicos

Ingredientes tóxicos e nocivos, como agrotóxicos, hormônios presentes em fertilizantes, dentre outras substâncias perniciosas, apresentam uma tendência de ser abolidos por empresas e empreendimentos que têm a sustentabilidade como valor intrínseco.

O que é a Sustentabilidade 4.0?

A sustentabilidade tem uma forte ligação com a Indústria 4.0. Isso porque, apoiada nos preceitos da geração 4.0, visa à produtividade e à eficiência máxima em suas atividades.

O vapor desperdiçado em caldeiras industriais, por exemplo, pode ser aproveitado em muitas indústrias na movimentação de bobinas, gerando energia sustentável. Soluções de aproveitamento energético garantem menores custos e operações mais dinâmicas, principalmente, quando sustentados por ferramentas tecnológicas, como as geralmente adotadas por indústrias 4.0.

Ao final, podemos ressaltar que é preciso considerar a necessidade de transformar a sociedade. Trabalhar em função de um futuro sustentável é uma boa maneira de fazer isso.

Se você gostou deste conteúdo, fique sempre por dentro de tudo que publicamos em nossas redes sociais. Siga nossas páginas no Facebook e no Instagram!

instagram hcc energia solar