Por que investir em energia solar?

Por que investir em energia solar?

Tempo de leitura: 

2 minutos

Existem cada vez mais opções de investimentos disponíveis para quem tem algum dinheiro guardado e quer fazê-lo render. Entretanto, entre tantas opções, nem sempre é fácil escolher aquela que será mais rentável ou que terá o melhor custo-benefício, considerando também os riscos do investimento. Esta é uma tarefa que exige cuidado, para que você não acabe perdendo o seu dinheiro em um investimento ruim ou mal feito. Por isso, neste cenário surge uma nova possibilidade de investimento que nós vamos te explicar neste post, o investimento em sistemas de energia solar.

Continue acompanhando para saber como funciona!

Qual o cenário econômico atual para investidores?

O cenário econômico atual começa a dar sinais de saída da crise. A taxa Selic vem baixando consideravelmente e já está em 7,4%, a inflação começa a ficar controlada e o IPCA acumulado dos últimos 12 meses está em 3,33%. Essa combinação promissora de avanços econômicos traz também uma preocupação com os retornos de investimentos. A poupança por exemplo, deve ser bem afetada em 2018 podendo render até menos do que a inflação. Outras formas seguras de investimentos, também tendem a encolher bastante no próximo ano.

Nesse cenário de baixos retornos sobre investimentos é natural que haja uma busca por novas formas de investir, que possam trazer ganhos superiores e que também sejam seguras. Nesse cenário o investimento em energia solar é uma alternativa muito interessante, porque há um retorno rápido do investimento e os ganhos superam muito os ganhos de qualquer aplicação financeira.

Como funciona o investimento em energia solar?

O investimento na sua própria geração é sem dúvida uma maneira de driblar os baixos retornos financeiros atuais. No entanto, para aquele investidor que possui limitações de gasto energético ou também de espaço para a instalação de sistemas, surge no mercado uma nova opção em que o investidor viabiliza a instalação para um usuário que necessita de energia mais barata e não possui os recursos para o investimento.

Neste modelo o investidor será remunerado pela economia do usuário com a conta de energia elétrica. Ele será proprietário do sistema até 10 anos após a instalação e depois doa o equipamento ao usuário. Dessa maneira, o investidor terá ganhos significativos sobre o dinheiro investido em taxas que superam mais de 60% a TMA durante o período. Além disso, terá a garantia física do sistema.

Os fatores que tornam esse investimento muito atrativo começam pela baixa significativa nos preços dos equipamentos, o alto valor da energia elétrica, a pouca quantidade de financiamentos específicos para esse tipo de projeto e também o ambiente regulatório do país que permite a compensação de créditos da energia.

Além de toda a questão financeira envolvida o investidor fará um investimento sustentável contribuindo para difundir uma tecnologia limpa e gerando energia renovável.

Quer saber mais sobre o investimento em energia solar? Acesse nosso site de investimentos, informe-se e entre em contato conosco. Temos uma equipe preparada para te ajudar.