Energia solar on-grid e off-grid: aprenda agora as diferenças!

On-grid e Of-grid

Tempo de leitura: 

5 minutos

Energia solar on-grid e off-grid: aprenda agora as diferenças!

Com o avanço das tecnologias e a busca pela preservação do meio ambiente, o sistema de energia solar tem sido uma das melhores opções dos últimos tempos. A instalação de painéis fotovoltaicos para captação e transformação de raios solares em energia elétrica, além de sustentável, proporciona uma economia considerável.

Mas antes de iniciar o projeto, é preciso optar entre dois sistemas: energia solar on-grid ou off-grid. Nesses casos, você precisará decidir entre o sistema ligado à rede pública ou pagar mais por um modelo totalmente independente.

Para escolher o tipo mais apropriado para seu imóvel e saber qual é mais vantajoso, é necessário avaliar os pontos positivos e negativos de cada um, e suas especificidades. Se você pretende inovar e gerar a própria energia, leia este post até o fim.

Vamos explicar as principais diferenças entres os dois modelos, onde podem ser aplicados e quais as vantagens e desvantagens de cada um. Confira!

Como funcionam os sistemas on-grid?

O sistema on-grid, também conhecido como grid-tie, é um modelo fotovoltaico que, necessariamente, precisa estar ligado a uma rede de distribuição elétrica. A energia produzida que não é utilizada durante o dia pela unidade é devolvida para a rede pública, gerando créditos.

Dentro do prazo de utilização de até dois meses, a contar do dia que foram gerados, esses créditos serão automaticamente abatidos na conta de luz. Esse sistema de compensação foi normatizado em 2012, pela Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL), através da Resolução Normativa 482/12.

A lei incentiva a produção de energia solar e oferece ao consumidor a possibilidade dessa troca com a concessionaria, diminuindo ainda mais o valor da conta de consumo. Também é possível optar pelo uso desses créditos nos momentos em que não há incidência de sol, como durante a noite e em dias nublados.

Além disso, os créditos podem ser usados em outro imóvel, desde que seja abastecido pela mesma rede distribuidora e esteja no nome da mesma pessoa. Esses sistemas on-grid são muito eficientes e não necessitam da utilização de baterias ou controladores de carga, diminuindo o custo do kit de energia solar.

Como precisa, necessariamente, da conexão com a rede pública, esse modelo é mais utilizado em centros urbanizados. As desvantagens são o não armazenamento de energia captada e o não funcionamento em casos de falta de eletricidade. Além disso, está sujeito a cobrança de taxa mínima de consumo pela concessionária.

E o funcionamento do sistema off-grid?

Diferente do sistema on-grid, o modelo off-grid não precisa se conectar a uma rede pública para gerar energia elétrica. Eles são totalmente independentes de qualquer rede de distribuição.

Portanto, se por algum motivo for interrompido o fornecimento de energia pela concessionária, os imóveis abastecidos pelo sistema off-grid continuam com eletricidade normalmente. Para isso, o modelo é sustentado por baterias que armazenam a energia que foi gerada através dos módulos fotovoltaicos.

Essas baterias são formadas por cabos, painéis solares e estrutura de suporte que compõe o bloco para geração de energia. Aliados aos controladores de carga e inversores, formam a bateria responsável pelo condicionamento das potências.

A energia gerada a mais pode ser consumida em períodos de ausência de sol, como durante a noite. O sistema off-grid é ótimo para bombeamento de água, abastecimento de postes de luz e eletrificação de cercas.

O projetofotovoltaico deverá ser desenvolvido de acordo com a necessidade elétrica de cada imóvel. As baterias devem ser pensadas com espaço de armazenamento suficiente para cada ocasião.

Para ter desempenho eficiente, é fundamental analisar as condições climáticas e demandas especificas de cada local. Esse modelo é mais utilizado em regiões remotas ou isoladas, como as áreas rurais. Além disso, pode ser manejado por interruptores dentro do imóvel e não há cobrança da concessionária.

Porém, como se trata de um sistema totalmente independente das redes públicas, o investimento inicial pode ser mais alto. Além do mais, como depende de baterias e sistemas de cargas, pode ser menos eficiente que o modelo on-grid.

Onde instalar cada sistema?

O modelo on-grid é o mais indicado para os centros urbanos por não fazer uso de baterias ou armazenadores de cargas e necessitar de conexão direta com a rede pública de energia elétrica. Por isso, é mais encontrado em residências e comércios de capitais e grandes cidades.

Por outro lado, os sistemas off-grid são indicados, principalmente, para regiões mais afastadas, como fazendas e sítios, justamente por não precisarem de rede elétrica para desempenhar suas funções. Além disso, muitas propriedades necessitam manter sistemas de refrigeração ligados constantemente e as baterias fornecem essa garantia.

Para qual ambiente cada um é mais indicado?

Para escolher entre o sistema de energia solar on-grid e off-grid, é necessário considerar alguns fatores estruturais. Primeiro passo é verificar se a localidade onde o modelo fotovoltaico será implantado é abastecida por rede pública de energia elétrica. Caso não seja, a única maneira de produzir a própria luz é através do sistema off-grid.

Também é importante analisar se o objetivo é oferecer energia elétrica para qualquer tipo de máquina pesada. Nesses casos, o recomendável é a instalação do sistema on-grid. Para esse tipo de equipamento, um sistema isolado, com muita potência, não compensaria financeiramente.

Um modelo como esse exige espaço exclusivo para operação e conservação das baterias, o que pode inflar o valor do projeto. Portanto, na hora de escolher o sistema fotovoltaico ideal para sua propriedade, é fundamental analisar a localização, a funcionalidade e a demanda elétrica de cada imóvel.

Além disso, é importante levar em consideração a eficiência dos módulos, o coeficiente de temperatura e as garantidas de todos os itens que compõem o kit de energia solar.

Para melhor aproveitamento de todos os benefícios do sistema de energia solar on-grid e off-grid, é importante contar com a ajuda de uma empresa confiável e de qualidade. Com a ajuda de profissionais qualificados, você terá o projeto mais adequado e eficiente para atender às suas necessidades, proporcionando o retorno financeiro desejado.

Gostou de saber mais sobre sistemas fotovoltaicos on-grid e off-grid? Assine a newsletter e receba muitas outras dicas e novidades sobre esse setor que cresce cada vez mais!