Não sabe como começar a investir? Veja como trilhar o melhor caminho

Não sabe como começar a investir? Veja como trilhar o melhor caminho

Tempo de leitura: 

4 minutos

Nos últimos anos, muitas pessoas que apenas guardavam o dinheiro na poupança despertaram o interesse por fazer melhores aplicações com o seu patrimônio. Com isso, surgiu a dúvida de como começar a investir e quais são as vantagens que isso pode trazer.

Os investimentos são ótimas maneiras de alcançar sonhos, como uma viagem, a casa própria, entre outros. No entanto, é preciso fazer um bom planejamento e escolher as aplicações corretas para o seu perfil.

Se quer saber mais sobre como começar a investir, continue a leitura deste artigo que preparamos para você!

Quais são as vantagens de investir?

Investir é uma das maneiras de atingir seus sonhos e objetivos financeiros. Não importa qual é o estágio da vida pessoal e profissional: os investimentos podem ser feitos por qualquer pessoa e para metas de curto, médio ou longo prazo.

Existem diversos tipos de investimentos, e a escolha por um ou mais deles vai depender do seu perfil de investidor e do que você deseja alcançar. Uma pessoa mais jovem, por exemplo, pode preferir aplicações mais ousadas e que ofereçam uma rentabilidade maior em pouco tempo.

Por outro lado, uma pessoa mais madura pode decidir por alternativas mais conservadoras e que garantam uma renda fixa para a sua aposentadoria. Todos os tipos de investimentos oferecem vantagens e desvantagens, mas um benefício em comum a eles é a possibilidade de fazer o seu patrimônio crescer e poder alcançar os seus sonhos e objetivos.

Como começar a investir?

Muitas pessoas têm dúvidas sobre como começar a investir por não conhecerem o mercado, mas não é tão complicado quanto parece. No entanto, existem alguns pontos que precisam de atenção antes de fazer a sua primeira aplicação com segurança. Confira!

Faça um bom planejamento financeiro

Da mesma maneira que você planeja uma viagem antes de chegar ao destino, é preciso planejar e revisar a sua situação financeira antes de começar a aplicar o seu dinheiro. Isso porque existem diversos tipos de investimentos, que devem ser escolhidos de acordo com os seus objetivos — comprar um apartamento, ter filhos, fazer um intercâmbio, aposentar-se, entre outros.

Portanto, comece separando parte do seu salário para investir todos os meses, sem deixar faltar para outras partes importantes do seu dia a dia, como alimentação, aluguel e transporte.

Aprenda sobre o mercado

Começar a estudar o mercado para entender como ele funciona é essencial para o sucesso dos seus investimentos. As estratégias de quem investe em ações são completamente diferentes daquelas de quem aplica apenas em tesouro direto, por exemplo.

Por isso, quanto mais conhecimento você tiver sobre o assunto, mais as suas decisões serão acertadas. Procure fontes de informação confiáveis, como livros, blogs de corretoras e profissionais da área.

Escolha onde você vai investir

Para comprar ações, fundos de investimentos, tesouro direto e outras aplicações, você pode escolher entre instituições bancárias e corretoras de valores. Os grandes bancos, na maioria das vezes, não oferecem o suporte necessário para investidores iniciantes e ainda podem cobrar taxas mais caras.

Nas corretoras, por outro lado, você pode contar com o apoio e o suporte de especialistas no assunto e, em algumas delas, não precisa pagar taxas de saque e corretagem.

Escolha uma corretora para investir

Definir a instituição por meio da qual você vai investir é muito importante, pois ela será sua parceira na busca de bons resultados para as suas aplicações. Analise se ela cobre taxas de corretagem para tesouro direto, ações e outras operações de compra.

Também é importante saber o que os clientes pensam da empresa, se ela oferece suporte especializado, recomendações de compra e outras ferramentas que ela disponibiliza. Esses são os principais tópicos que você precisa analisar na hora de escolher a melhor corretora.

Descubra qual é o seu perfil de investidor

O seu perfil de investidor vai definir como começar a aplicar o seu dinheiro. Depois de abrir uma conta na corretora de sua preferência, você receberá um formulário com perguntas como:

● Quais são os seus objetivos financeiros?

● Qual é a sua tolerância ao risco?

● Por quanto tempo deseja investir?, entre outras.

A resposta a essas questões vai guiar os seus investimentos de acordo com as suas expectativas.

Considere a abertura de franquias

Se você quer ver seu patrimônio crescer, na prática, e entrar no mercado com marcas conhecidas e consolidadas, considere a abertura de uma franquia. Nesse modelo de empresa, você investe nos produtos ou serviços de uma rede e passa a fazer parte dela.

O investimento em franquias é considerado de baixo risco, sendo o índice de falências nos cinco primeiros anos de menos de 15%, contra 80% em outros modelos de empresas, de acordo com o SEBRAE. Essa diferença acontece porque o modelo de negócio das franquias já foi testado com sucesso pelo dono da empresa.

Além disso, por já estar consolidado, o franqueador conhece todas as dificuldades que o franqueado vai encontrar pelo caminho. Sendo assim, ele oferece todo o treinamento e o suporte necessários para o sucesso da operação.

Ao investir em franquias, o franqueador calcula e informa o custo do projeto arquitetônico do local e das plantas de engenharia de construção. Além disso, especifica as máquinas e equipamentos necessários para o funcionamento do negócio.

Tudo o que é necessário para construir e instalar a nova unidade é baseado nos custos da unidade-padrão. Ao contrário de um negócio independente, em que os custos de instalação podem fugir completamente da previsão e causar problemas financeiros ao empreendedor.

Neste artigo, você viu como começar a investir pode ser mais fácil do que você imagina. Existem muitas opções para fazer o seu patrimônio crescer, o que vai depender do seu perfil de investidor e dos objetivos que você deseja alcançar. Não se esqueça de considerar a abertura de uma franquia se você quiser um investimento de baixo risco e que trará ótimos resultados para as suas aplicações!

Agora que você já sabe como começar a investir o seu dinheiro, veja 6 dicas de como fazer um planejamento financeiro eficiente!