Vale a pena investir em franquias no interior?

Vale a pena investir em franquias no interior?

Tempo de leitura: 

5 minutos

Existe uma ideia errada de que só compensa investir no mercado das grandes cidades, devido ao maior desenvolvimento econômico nessas regiões. Mas é preciso também considerar que, nos grandes centros urbanos, a competitividade é mais acirrada, o que é uma desvantagem, principalmente para quem está começando.

Existe uma tendência no Brasil para abrir casas comerciais no interior. Em 2016, por exemplo, 11 dos 18 shoppings centers inaugurados no país foram abertos em cidades do interior. O setor de franquias também tem se estendido para essas áreas.

Neste post, vamos mostrar por que vale a pena aplicar seu dinheiro em franquias no interior. Esse já é um modelo de negócio que tem suas vantagens e, quando você investe no segmento certo e em uma região promissora, as chances de sucesso aumentam ainda mais. Continue a leitura e informe-se mais sobre esse tema!

Veja alguns dados sobre franquia no interior

Das mais de 140 mil franquias brasileiras, 48,2% estão em cidades com mais de 500 mil moradores. Conforme a ABF (Associação Brasileira de Franchising), somente no interior do estado de São Paulo, existem mais de 600 redes de franquia trabalhando. Somando todas, são quase 12 mil unidades.

Um estudo do SEBRAE revelou que o consumo no interior é maior que R$ 827 bilhões por ano, ou seja, 38% do total no Brasil.

Entenda as vantagens de investir em franquias no interior

Vamos considerar alguns pontos que confirmam que compensa investir em franquias no interior.

Mercado menos competitivo

Uma das vantagens já citamos no início do texto, que é a menor competitividade. Inaugurar uma marca boa no interior pode ser melhor porque ela já é famosa, conhecida do público, e praticamente não terá que concorrer com nenhuma outra equivalente.

Em uma cidade com poucos moradores, um mercado menos concorrido e com lojas menores, uma franquia de marca importante tem melhores chances de se desenvolver, alcançando logo de início uma boa posição. As franquias têm um produto/serviço que já foi testado e têm processos bem definidos, o que coopera para que o franqueado consolide seu espaço.

Escassez de ofertas

Quanto menor for uma cidade, menores serão as opções ofertadas aos consumidores. Por isso, vale a pena levar ao consumidor o produto/serviço que ele ainda não tem. Já que existem menos opções, as pessoas sempre se sentem atraídas por inovações e se mostram dispostas a comprar os novos produtos, especialmente se eles vão ao encontro dos seus interesses.

É possível, inclusive, que muitos habitantes se desloquem por grandes distâncias para conseguir acessar determinado produto ou serviço. Ou então façam encomendas, arcando com os custos associados ao transporte da mercadoria — o frete —, tudo para ter acesso aos produtos de seu interesse.

Menores trâmites burocráticos

Outra vantagem é que a burocracia para investir em franquias no interior é menor do que nas cidades grandes, onde existe um ambiente regulatório mais complexo. Em municípios pequenos, é mais fácil e rápido obter as liberações e os alvarás necessários.

Tributos como ISS e IPTU, que são municipais, costumam ser mais baixos em cidades pequenas. Em algumas, existe até a possibilidade não pagar IPTU. Certamente, essa facilidade estimula os empreendimentos nas cidades interioranas, fomentando a economia local.

Custos menores

Os custos para abrir uma franquia em municípios pequenos tendem a ser mais baixos. Para encontrar um ponto comercial, considera-se que a valorização imobiliária é menos expressiva, reduzindo as necessidades de investir muito dinheiro.

O custo de vida também é menor, bem como o trajeto é mais curto entre casa e trabalho, pois é mais comum morar perto do trabalho no interior.

Relacionamento local

Construir uma base fiel de clientes é decisivo para que um negócio prospere ou fracasse. Em uma cidade grande, como uma capital, é normal que haja muita movimentação em um estabelecimento comercial novo. Porém, essa rotatividade do começo não é garantia de permanência em um prazo mais longo.

No interior, captar e manter clientes pode ser um processo mais simples. Isso é ainda mais evidente quando o franqueado é natural do lugar. Os laços mais estreitos entre ele e os consumidores ajudam a criar, de forma mais rápida, uma relação de confiança.

Matheus Ataíde, empreendedor em Barreiras, BA, afirma que o contato mais próximo não é tão determinante. Mas ele assegura que, quanto maior a quantidade de contatos, tudo fica mais fácil. Seja como for, o dono de franquias no interior tem mais facilidade para criar uma rede de contatos local.

Descubra as modalidades de franquia de maior sucesso

Ainda de acordo com a ABF, as franquias mais rentáveis no interior são:

  • alimentação: 26%;
  • esporte, saúde, beleza e lazer: 15%;
  • educação e treinamento: 13%.

Outras franquias de destaque são:

  • construção civil;
  • corretagem de seguros;
  • crédito pessoal e consignado (financiamentos);
  • tecnologia da informação;
  • vestuário;
  • energia solar.

Saiba quais são os benefícios de abrir uma franquia

A franquia, por si só, já é um modelo de negócio vantajoso para qualquer pessoa que deseja ingressar no mercado tendo algum suporte sólido. Sua expansão acontece de forma mais rápida porque os modelos são prontos, e as empresas franqueadoras sempre trabalham novos pontos estratégicos para alcançar outros territórios.

Além disso, contar com uma marca conhecida implica em ter à disposição os departamentos de marketing, comunicação e outros que ajudem na divulgação do negócio em grande escala. No caso de uma cidade menor, essa divulgação é otimizada por causa da extensão territorial mais limitada e a quantidade menor de habitantes.

No contrato, tanto o franqueador como o franqueado ficam protegidos legalmente contra eventuais revisões do acordo. Assim, se garante mais segurança para o empreendedor e para a empresa franqueadora aperfeiçoar seus processos. Outro ponto favorável é que os fornecedores de franquias são homologados. É possível, ainda, obter descontos.

Antes de abrir o negócio, é fornecido um treinamento para administrar a unidade, de forma que todas as informações importantes são passadas, para que seja assegurado o sucesso do negócio.

Por fim, os processos da empresa seguem um padrão, o que torna mais fácil a gestão. O franqueado conhece outras unidades para entender o funcionamento da marca e recebe suporte em diferentes áreas: tributação, questões jurídicas, contabilidade, etc.

Abrir franquias no interior pode ser a solução para empreendedores iniciantes e, até mesmo, para empreendedores veteranos conquistarem um espaço maior no mercado e lucrarem, evitando alguns inconvenientes, como muita burocracia, despesas mais altas, concorrência intensa e outras coisas.

O que achou do post? Tem interesse em se tornar um franqueado de uma marca conhecida? Entre em contato com a HCC Energia Solar e saiba mais sobre o segmento de energia solar e como ele pode ser lucrativo!