3 passos para calcular o retorno do investimento em energia solar!

Como calcular o ROI do sistema de energia solar

Tempo de leitura: 

5 minutos

Nos últimos anos, várias empresas vêm adotando o sistema de energia solar como opção para geração de eletricidade. Essa decisão ocorre por muitos motivos, entre eles, o retorno do investimento devido à economia com o custo da energia elétrica.

Um dos benefícios do método fotovoltaico é oferecer um diferencial dentro de um mercado que tem exigido práticas cada vez mais sustentáveis. O investimento com a implantação desse sistema proporciona retorno rápido, em média, cinco anos. Isso faz com que ele tenha ótimo custo-benefício, visto que a vida útil dos painéis solares é de cerca de 25 anos.

Por isso, para a permanência no mercado, é imprescindível que os administradores tenham em mãos dados precisos do negócio. Existem maneiras de saber se o empreendimento está valendo a pena ou não, como o cálculo do ROI.

Neste artigo, vamos mostrar a importância e as vantagens deste indicador econômico e como obter esse número. Confira!

O que é o ROI?

Para ter controle financeiro de uma empresa, é necessário que o empreendedor saiba com precisão todos os custos crescentes. Uma das formas de acompanhar esse fenômeno são as métricas que realizam medição baseada em regras de cálculo.

Elas indicam se o investimento está valendo a pena ou não. Entre esses indicativos econômicos, o ROI (Return On Investiment ou retorno do investimento), é considerado o mais importante.

O ROI é uma métrica utilizada para mensurar os rendimentos alcançados a partir de determinado montante de recursos investidos. Ou seja, é a relação entre o lucro e o prejuízo da empresa.

O cálculo do retorno sobre investimento tem várias finalidades. Uma vez que aponta o potencial de retorno da contribuição realizada, o ROI auxilia na decisão sobre aplicação em novos projetos e negócios.

Também serve para mensurar as aplicações em marketing, colaborando para os resultados de um empreendimento e para identificar o prazo para retorno financeiro do mesmo. Por meio de termos de porcentagem da aplicação realizada, o ROI informa quanto o valor investido retornou para o empreendedor em forma de benefícios.

Quanto maior for o indicativo econômico, maior o retorno financeiro. Essa é uma das métricas mais usadas para saber se a aplicação é vantajosa e para analisar os benefícios.

Quais as vantagens de calcular o ROI?

São muitas as vantagens para a empresa que realiza o cálculo do ROI corretamente. Entre elas, estão a possibilidade de estabelecer metas e planos e otimizar os lucros. Também é analisando o ROI que investidores verificarão a viabilidade de seguir com as negociações.

Por isso, traçar metas e monitorá-las diariamente é fundamental para o crescimento de qualquer empreendimento. Veja outros benefícios do cálculo dessa métrica.

Melhora na tomada de decisões

Para decisões mais certeiras, é fundamental chegar a uma métrica de ROI eficiente. É pensando nisso que o cálculo desse indicador financeiro jamais poderá ser esquecido em uma planilha.

Analisando constantemente esses resultados, o empreendedor tem a oportunidade de tomar decisões mais rapidamente. Como sabemos que tempo é dinheiro, o ROI é um importante instrumento para medir a eficiência das decisões com mais agilidade.

Além de fornecer diretrizes de como aplicar de maneira mais acertada os recursos financeiros. Por isso, ele auxilia na tomada de decisões estratégicas ao analisar o retorno sobre a aplicação. Assim, é possível determinar com mais segurança e viabilidade novos projetos e investimentos.

Garantia de aproveitamento de oportunidades

Como o ROI mostra os resultados de cada iniciativa, ele permite ao empreendedor identificar os negócios que oferecem melhor retorno, levando ao aproveitamento mais amplo das oportunidades. Essa orientação favorece na hora da tomada de decisões sobre o destino dos investimentos.

O cálculo garante melhor análise das chances proporcionadas pelo mercado. É bom lembrar que o mais inteligente é investir em oportunidades que ofereçam menos risco e maior retorno.

Ajuda na redução de custos

Por meio do ROI, a empresa consegue mensurar se o que foi investido realmente oferece o lucro esperado. Considerada fundamental para o bom andamento de uma empresa, essa métrica pode ser calculada em várias áreas e ações do empreendimento.

Com o resultado, tudo aquilo que gera desperdício de recurso pode ser realocado para melhores setores ou cortado com mais segurança no futuro. Por isso, além de favorecer o aumento dos lucros, esse método de cálculo ajuda na redução dos custos.

Como calcular o retorno do investimento em energia solar?

O investimento no sistema fotovoltaico pode gerar economia de 50% a 95% nas contas de energia elétrica, além de oferecer excelente custo-benefício. O ROI de energia solar é assegurado em médio e longo prazo, dependendo de algumas variáveis, como a capacidade de geração de eletricidade.

Confira 3 passos para realizar o cálculo do retorno do investimento em energia solar.

1. Avalie as tarifas de energia e como o investimento pode influenciar

Para analisar o ROI do sistema fotovoltaico, a tarifa de energia é a variável mais importante a ser considerada. Quanto maior a tarifa, mais praticável financeiramente é a implantação dos painéis solares.

Ou seja, a energia gerada possibilita maior economia financeira. As tarifas variam conforme a distribuidora local, o tipo do cliente e a bandeira tarifária.

Consumidores de energia em baixa tensão têm conta bem alta e, por isso, tendem a ter maior viabilidade financeira para realizar a instalação de um sistema deenergia solar.

2. Analise variáveis técnicas de acordo com o projeto fotovoltaico adequado ao seu negócio

Algumas variáveis técnicas também precisam ser avaliadas. Quanto maior for o sistema de energia solar, menor será o custo de watt consumido. Essa questão será analisada de acordo com o projeto fotovoltaico desenvolvido para cada tipo de negócio.

Além disso, fatores relacionados a disponibilidade solar para cada região interferem diretamente na geração de energia ao longo do ano, gerando variação no retorno do investimento. Outros pontos técnicos a serem considerados no projeto são a área mínima do telhado e a orientação geográfica do sistema.

3. Considere a valorização patrimonial

Ao investir no sistema de energia solar em seu imóvel, automaticamente, você vai aumentar a valorização do mesmo no mercado imobiliário. Portanto, além da economia gerada nas contas de energia elétrica, a implantação de módulos fotovoltaicos aumenta o ganho patrimonial.

Como vimos, a implantação do sistema de energia solar é garantia certa para obter retorno do investimento. A HCC Engenharia Solar é especialista em projetos fotovoltaicos e oferece soluções completas, sendo considerada uma das melhores empresas do mercado.

Ficou interessado em implantar esse método em sua residência, comércio, indústria ou propriedade rural? Entre em contato com nossos consultores e veja as melhores soluções para seu imóvel!