Contratação de funcionários para franquia: saiba como escolher

Contratação de funcionários para franquia: saiba como escolher

Tempo de leitura: 

5 minutos

Após a abertura de uma franquia, com o tempo, é natural que ela cresça, expanda as operações e aumente a carga de trabalho. Isso vai exigir a contratação de novos funcionários. Então, como realizar um processo eficiente e que traga resultados satisfatórios em médio e longo prazo?

Neste post, vamos tirar todas as suas dúvidas sobre o assunto e dar dicas de como elaborar um sistema para atrair bons candidatos e escolher os mais adequados para o cargo. Acompanhe!

Por que é importante saber escolher os profissionais certos?

A base para um atendimento ao cliente de qualidade e para a melhora da produtividade é a contratação de profissionais qualificados. Delegar tarefas não é algo simples de se fazer, pois a maioria dos gestores precisa sentir confiança no trabalhador para isso (e vice-versa).

Nesse caso, saber escolher os profissionais certos será fundamental. O processo deve considerar o nível de conhecimentos, habilidades e experiências específicas para a função que será ocupada. Consequentemente, as chances de erro na escolha diminuem, e a franquia passa a contar com uma equipe de alta performance.

Como identificar a hora certa de contratar os funcionários?

Existem dois momentos principais que indicam a necessidade de contratações. O primeiro é na abertura do negócio, quando você precisa de um time de profissionais para iniciar as atividades da franquia. O segundo é quando a empresa cresce, expande suas operações e eleva a carga de trabalho, precisando de mais mão de obra qualificada.

Esse momento é ignorado por muitos gestores, pois é comum a intenção de querer crescer sem ter que investir tanto. Porém, isso sobrecarrega os profissionais, a qualidade dos serviços cai e a desmotivação toma conta do negócio.

Então, use a evolução do seu faturamento, o aumento da base de clientes e o tempo de execução dos processos pelos funcionários como indicadores para perceber a necessidade de novas contratações!

Como fazer a contratação de funcionários de forma eficiente?

Agora que você já conhece a importância de escolher os profissionais ideais para a sua franquia, bem como a hora certa de fazer isso, descubra como realizar essas contratações. Abaixo, separamos algumas dicas para ajudar você a montar um sistema de recrutamento e seleção bem eficiente. Confira!

Identifique as necessidades de mão de obra

O primeiro passo para fazer uma escolha acertada é descobrir exatamente do que a franquia precisa. Sem essa análise, você pode contratar alguém com especializações a mais ou pessoas menos qualificadas para o cargo, tendo prejuízos das duas formas.

Então, pense antes sobre a finalidade dessa contratação. Para isso, faça as seguintes perguntas:

  • Por que a franquia precisa desse profissional?
  • Quais necessidades devem ser atendidas?
  • A demanda do cargo é sazonal ou permanente?

A partir daí, você deve descrever as características do cargo, como funções a serem realizadas, tecnologias e métodos que devem ser utilizados, carga horária e outros requisitos que o profissional precisará ter para dar conta do trabalho. Essa etapa serve como uma análise interna para considerar as reais necessidades do negócio.

Planeje o perfil ideal para cada cargo

Ao definir as necessidades de mão de obra da franquia, já dá para você começar a ter uma ideia de que tipo de trabalhador precisará contratar. Então, com base nas informações do cargo, é hora de traçar o perfil ideal do profissional para ocupá-lo.

Antes de anunciar a vaga, liste o que você busca no profissional. Quais especializações e experiências ele deve ter? Para lidar com o público, habilidades de comunicação e relacionamento interpessoal são indispensáveis. Já para o uso de planilhas de cálculo e elaboração de documentos, conhecimentos sobre o pacote Office e ferramentas semelhantes serão importantes.

O objetivo dessa etapa é permitir ao empregador alcançar somente os candidatos com tais qualificações sejam atraídos, evitando que se gaste tempo entrevistando pessoas que não tenham o perfil desejado.

Divulgue a vaga de forma estratégica

Com as funções do cargo e o perfil do candidato bem definidos, você deve partir para os anúncios da vaga. Aqui, você deve considerar faixa etária, escolaridade, área de atuação, onde gostam de passar a maior parte do tempo, o que gostam de ler e assistir, entre outras informações. Isso permitirá você divulgar a vaga onde eles estão, atraindo-os diretamente.

Alguns dos meios de publicação gratuitos são o Facebook e o LinkedIn. Essa última rede social é destinada especificamente para as relações profissionais. Nela, você consegue visualizar o currículo dos usuários, suas conexões com outros profissionais, empresas onde trabalharam e indicações de suas competências.

Além dessas redes, você pode divulgar a vaga em fóruns de discussão e em sites de perguntas e respostas com a profissão como tema principal. Se você busca candidatos em início de carreira e com um alto nível de especializações, por exemplo, pode encontrá-los em universidades e escolas técnicas.

Se isso não for suficiente, pode usar meios de publicações pagas, como anúncios em jornais, Google Ads e plataformas de vagas online. Para ter mais sucesso, além do perfil desejado e funções que vai executar, não se esqueça de mencionar no anúncio o salário, a carga horária, os benefícios e as possibilidades de crescimento profissional.

Com relação ao salário e benefícios, pesquise o que o mercado está oferecendo atualmente para fazer uma proposta realista e, ao mesmo tempo, atrativa.

Faça entrevistas semiestruturadas

Cruze as informações de necessidades do cargo com o perfil dos candidatos que se inscreveram para fazer uma pré-seleção. Limite as entrevistas somente aos interessados mais adequados ao que você e a empresa procuram.

O ideal é que a entrevista seja semiestruturada — uma mistura de estruturada (somente com perguntas previamente planejadas) e não estruturada (uma conversa natural, sem roteiros). Assim, você consegue descobrir o que precisa e ainda dá ao candidato a chance de se expressar livremente, oferecendo mais informações sobre ele.

Não se esqueça de fazer anotações durante as entrevistas, para não deixar passar nada. Isso vai ajudar você a realizar a seleção mais tarde.

Prepare a contratação

Após a realização das entrevistas, é hora de decidir qual dos candidatos contratar. Esse processo deve ser bem estruturado, pois o profissional pode precisar de um tempo para se desligar da outra empresa ou concluir algo pessoal em sua vida, por exemplo, antes de assumir esse novo compromisso.

Outro cuidado importante que você deve ter é manter o que prometeu. Se você assinar a carteira de trabalho dele com condições diferentes do anúncio, como salário e benefícios menores, deixará o profissional desmotivado antes mesmo de iniciar as atividades.

Busque apoio do franqueador

Uma coisa que muitos empreendedores não sabem é que os franqueadores podem (e devem) dar suporte no momento do recrutamento e seleção de funcionários. A maioria deles conta com um sistema padronizado e tem ajuda de tecnologias para isso.

Então, antes de dar início ao processo sozinho, consulte o franqueador sobre isso. É muito melhor utilizar uma política de contratações já estruturada do que começar uma do zero, não é?

Depois da contratação de funcionários, por fim, é importante que você treine-os para que atinjam um bom nível de alinhamento e comprometimento com os objetivos da empresa.

Quer saber por quê? Entenda, agora, a importância dos treinamentos para o sucesso da franquia!