Veja 5 dicas de como realizar uma gestão estratégica de franquias

HCC Energia Solar Gestão estratégica de franquias

Tempo de leitura: 

7 minutos

Quando se fala em empreender e abrir o próprio negócio, as franquias vêm se revelando como um modelo bastante rentável. Afinal, oferecem benefícios para o franqueador, que pode aumentar o seu ponto de vendas e a presença da marca pelo país. Já o franqueado tem a possibilidade de começar com know-how e acesso a uma marca consolidada.

Porém, é fundamental efetivar uma gestão estratégica para que esse modelo de negócio tenha êxito. A franquia de energia solar é uma boa opção para as pessoas que desejam investir em uma área promissora, em contínuo crescimento, e que se encaixa perfeitamente no conceito de sustentabilidade.

Nesse sentido, fazer esse trabalho com qualidade pode potencializar os benefícios desse modelo de negócio. Quer saber como fazer isso? Então, continue a leitura e descubra dicas de ouro para realizar uma gestão estratégica de franquias, incluindo a de energia solar!

O que é a gestão estratégica de franquias?

Antes de entender como fazer uma gestão estratégica de franquias, é essencial que você tenha clareza sobre o significado desse conceito. Afinal, ela se diferencia da gestão tradicional, uma vez que se baseia em um planejamento bem definido e no acompanhamento constante dos resultados ao longo do tempo.

A gestão estratégica é, portanto, uma forma de gerenciar processos, finanças, resultados e times da empresa com base em uma organização bem estruturada. Isso significa que, antes de tudo, é necessário investir na criação de um planejamento estratégico que será a base para todos os processos, planos de ação e tomadas de decisão da empresa ao longo do tempo.

Dessa forma, em uma gestão estratégica de franquias, você deve realizar diagnósticos periódicos na empresa, entendendo quais são os principais indicadores e momento atual da organização. A partir disso, é necessário estabelecer missão, visão e valores claros para o negócio, determinando em que ponto deseja chegar em curto, médio e longo prazo.

A partir daí, toda a gestão é realizada com base nesse planejamento. É necessário revisar processos e demandas de trabalho dos colaboradores, de forma a manter todos alinhados a esses elementos. Também é importante criar metas e indicadores estratégicos para acompanhar o desenvolvimento da empresa ao longo do tempo e garantir que os objetivos serão atingidos.

Como fazer uma gestão estratégica de franquias?

Agora que você já sabe o que é e qual a importância da gestão estratégica de franquias, é hora de entender como fazer isso. Veja quais são as principais dicas para implementar em seu negócio agora mesmo.

1. Invista em tecnologia

Quando se fala em gestão estratégica, é essencial ter meios para realizar o controle dos indicadores e metas estabelecidas ao longo do tempo. Ou seja, você precisa investir em processos para acompanhar os resultados e o funcionamento da franquia.

Nesse sentido, a tecnologia pode ser a sua maior aliada. Afinal, você pode investir em softwares de gestão, inclusive, em modelos desenvolvidos especificamente para franquias, para acompanhar os seus resultados. Afinal, eles são capazes de automatizar a coleta de dados e cálculo de indicadores, melhorar a comunicação e facilitar a visualização dos resultados e a geração de relatórios organizacionais.

Vale lembrar que, quanto mais completo o sistema, mais estratégica será a gestão. Isso porque ela vai dispor de mais ferramentas e recursos que permitem analisar a situação do negócio em todos os sentidos — sobretudo, financeiramente. Um sistema eficaz assegura a padronização e garante a melhor qualidade, além de agilizar o crescimento do negócio de forma sustentável.

2. Padronize os processos

Outra dica para garantir uma gestão estratégica de franquias é padronizar os processos. Esse modelo de negócios está associado à qualidade e à autoridade de determinada marca. Logo, a padronização é fundamental para que a identidade se mantenha estável e para garantir a qualidade dos produtos ou serviços de todas as unidades.

Nesse sentido, vale lembrar que a franqueadora, na maioria dos casos, já conta com processos bem definidos para toda a rede. Ela já tem know-how e, a partir disso, sabe qual a melhor forma de realizar cada uma das atividades para garantir a boa execução dos processos e a qualidade dos resultados.

A franqueadora também precisa contar com uma cultura organizacional consolidada para a transmissão dos valores e do padrão. Por meio de determinadas ferramentas de controle, é possível garantir a excelência dos serviços.

Cabe aos franqueados se esforçar ao máximo para colocar tudo isso em prática. Você deve implementar os processos da forma como foram ensinados por parte da franqueadora, evitando problemas e perda da qualidade dos produtos ou serviços. Além disso, é importante acompanhar os indicadores relacionados à execução das ações, de forma a garantir que elas estão sendo realizadas de forma adequada.

Caso tenha dúvidas ou problemas, não hesite em entrar em contato com a franquia, solicitando suporte. Afinal, a marca disponibiliza apoio constante aos franqueados, impulsionando tanto o seu sucesso quanto o da empresa como um todo.

3. Faça um planejamento estratégico

Como você já sabe, sem planejamento não há como fazer gestão estratégica de franquias. Afinal, ele ajuda a definir metas e um plano de ação, sem os quais não é possível obter o crescimento do negócio.

Portanto, invista na criação de um planejamento estratégico para a sua empresa agora mesmo! Comece com um diagnóstico completo para entender quais são os pontos de melhoria, o que pode ser feito para aumentar a eficiência dos processos e qual o posicionamento da franquia nesse momento.

É importante analisar o público consumidor, as tendências de mercado e a concorrência, bem como os funcionários. Realize um mapeamento e inclua as dores e as metas de negócio.

A partir disso, monte o seu planejamento estratégico. Crie missão, visão e valores para a empresa, baseado dos dados coletados e nos seus objetivos ao longo do tempo. Não se esqueça de efetuar um monitoramento periódico por meio de indicadores, determinando os principais KPIs que devem ser utilizados e as metas.

4. Melhore a experiência do cliente

Franchising é, como qualquer outra forma de negócio, um meio que os empreendedores encontraram para alcançar novas áreas de atuação e consolidar ainda mais a marca. Assim, o marketing e o atendimento ao cliente devem ser incluídos na sua gestão de estratégica, de forma a potencializar os resultados e garantir uma expansão sólida e saudável para a franquia.

A padronização visa a assegurar a qualidade dos produtos ou serviços, o que aumenta a probabilidade de gerar uma boa experiência do cliente. O branding sensorial é outra estratégia de marketing que pode ser utilizada, ajudando a conectar o cliente à empresa. Ele contribui para estabelecer uma comunicação e um relacionamento mais efetivos com o público-alvo.

Em uma franquia de energia solar, explorar aspectos visuais tende a ser relevante para estabelecer uma sintonia com o cliente. Mas isso não significa que os outros sentidos também não possam ser explorados — tudo depende da criatividade, aliada à conveniência. Além disso, também é necessário trabalhar o atendimento ao cliente e o suporte ao longo do tempo, mesmo após a finalização do projeto.

5. Trabalhe em equipe e respeite o contrato de franquia

A partir do treinamento oferecido pela empresa franqueadora, o franqueado adquire conhecimento para gerenciar de forma estratégica sua franquia e seus funcionários, respeitando os princípios da marca e o contrato. No documento, estão especificados direitos e obrigações de cada parte.

Entre as obrigações de um franqueado, podemos citar:

  • manter contato com os fornecedores homologados pela rede para que sua unidade fique sempre abastecida;
  • controlar as finanças e prestar contas dos royalties ao franqueador;
  • gerenciar o trabalho dos colaboradores.

O gestor também deve aprimorar seus conhecimentos sobre fluxo de caixa e capital de giro para manter as finanças sob controle. Vale destacar que esses cuidados devem ser iniciados antes mesmo da abertura da franquia.

Isso significa que, na hora de escolher uma empresa franqueadora, procure por uma que ofereça boas soluções para o consumidor moderno e que seja, ao mesmo tempo, uma parceira confiável, diferenciada, que ajude o franqueado a desenvolver uma gestão estratégica de franquias.

Portanto, busque por uma empresa líder no segmento em que atua, que já conte com muitos projetos e obras executadas e que invista em inovação e soluções sustentáveis. Uma empresa de franchising precisa inspirar confiança e oferecer não só condições para uma gestão estratégica, mas assistência técnica de boa qualidade.

Por que investir em franquia de energia solar?

A franquia de energia solar é um mercado que está em crescimento no Brasil. O país já instalou quase tudo em relação à energia hídrica, e a energia eólica só compensa nas áreas mais remotas. Desse modo, o espaço no mercado para a energia fotovoltaica é grande.

O risco do investimento é baixo, considerando esses fatores. Além disso, o payback, ou retorno do investimento, melhora a cada ano, pois as contas de luz tendem a ficar mais altas. Em média, para o cliente, o payback pode variar entre quatro a seis anos, trazendo grande economia para os consumidores.

A demanda só tende a crescer, já que o sistema oferece vantagens, como:

  • alta durabilidade (mínimo de 20 anos de vida útil);
  • baixa manutenção;
  • instalação relativamente simples;
  • autonomia na geração de energia elétrica;
  • possibilidade de usufruir de créditos de energia (sistema on-grid).

Nesse artigo, você entendeu mais sobre o que é a gestão estratégica de franquias e quais são as melhores dicas para implementar esse processo na sua empresa. Também descobriu que o mercado de franchising abre grandes oportunidades para que você se torne um empreendedor de sucesso e que, nesse sentido, investir em uma franquia de energia solar pode ser a melhor solução para você.

Portanto, comece agora mesmo a pesquisar mais sobre o assunto e lembre-se de investir em uma gestão estratégica para potencializar os resultados da franquia escolhida. Ficou com alguma dúvida? Quer relatar a sua experiência? Então, aproveite o espaço abaixo e deixe um comentário!