5 produtos de energia solar que vale a pena conhecer

5 produtos de energia solar que vale a pena conhecer

Tempo de leitura: 

5 minutos

A energia solar aumenta sua importância no cotidiano da população, na medida em que os sistemas que a aproveitam se tornam mais populares e acessíveis. Como a sustentabilidade é assunto recorrente, que se incorporou à economia e aos hábitos dos consumidores, sistemas como o fotovoltaico e o aquecedor solar são muito procurados e instalados em edificações residenciais e comerciais, condomínios, indústrias, hospitais e outros locais.

Além de gerar economia financeira, esses sistemas contribuem para a preservação do meio ambiente. Isso também é um bom motivo para a adoção da energia solar como fonte alternativa para gerar energia elétrica.

Neste artigo, vamos apresentar 5 produtos de energia solar que você deve conhecer. Cada vez mais, eles ganham espaço no mercado e na vida das pessoas, alguns deles, entre muitos brasileiros!

Entenda o que é energia solar e como funciona

A energia solar é uma alternativa renovável, limpa (não gera resíduos) e inesgotável. Ela é usada a partir da luz solar, sendo aproveitada de maneiras diferentes por tecnologias diversas, como: energia fotovoltaica, sistema de aquecimento solar e energia heliotérmica. Uma das principais características da energia solar é a possibilidade de gerar economia de até 95% nas contas de luz.

O sol é uma fonte gratuita, encontra-se em toda parte, o que permite que sua energia seja aproveitada mesmo nas regiões mais remotas. Além disso, os sistemas que trabalham com a energia solar apresentam elevada durabilidade, apresentando vida útil acima de 20 anos.

e-book hcc energia solar

Descubra 5 tendências em produtos de energia solar

Vamos mostrar 5 produtos de energia solar que já estão funcionando e oferecendo bons resultados. Confira diferentes maneiras pelas quais seu uso se faz presente e valioso no nosso dia a dia.

1. Carro movido a energia solar

Há muitos anos, pensar em um carro movido a energia elétrica já era algo futurista. Um carro movido a energia solar seria algo ainda mais fantástico, possível somente em filmes e livros de ficção científica. Mas, já em 1992, engenheiros do Brasil desenvolviam protótipos com uso desse sistema.

Alguns modelos foram usados no Desafio Solar Mundial, efetuado a cada dois anos, na Austrália. Nesse desafio, os veículos movidos a energia solar devem percorrer três mil quilômetros pelo deserto australiano: o ponto de partida é Darwin e o de chegada é Adelaide.

É uma disputa em que cada competidor não deve usar mais do que dois metros quadrados de painéis solares. Por isso, é um grande desafio para os engenheiros, que precisam trabalhar nos carros mais avançados.

O design desses modelos não é muito atraente, alguns lembrando veículos voadores. A estética não é a prioridade, mas a eficiência do sistema. Um dos veículos de maior sucesso é o Nuna 8, projetado pelo time vencedor de vários campeonatos.

Mas o carro que funciona a energia solar não está limitado às competições no deserto australiano. A Ford já criou um modelo híbrido, que recebeu o nome de “C-Max Energi Solar”. Esse carro é sustentado por uma lente especial, denominada “Fresnel”, que envia luz do sol para as células do veículo, atuando como uma lupa, o que amplia o impacto em oito vezes.

O sistema acompanha o sol que vai de leste para oeste, armazenando energia solar por meio de um concentrador que sustenta a bateria do carro. Nos dias em que a energia solar não for satisfatória, o motorista poderá utilizar a recarga plug-in.

A tendência é que os carros movidos a energia solar continuem evoluindo e que novas tecnologias sejam aplicadas em sua fabricação. Em um futuro não muito distante, espera-se que eles estejam disponibilizados no mercado como uma opção mais econômica para os usuários de carros.

2. BIPV

Outro destaque entre os produtos de energia solar é a placa fotovoltaica. É o mais conhecido entre todos e pode ser instalado em qualquer tipo de edificação.

Vamos falar sobre o BIPV, sistema fotovoltaico de integração em edifícios. A integração ocorre quando as placas solares funcionam como produtores de energia elétrica, e como elementos arquitetônicos que substituem os convencionais na edificação, como telhados, claraboias, janelas, fachadas.

O BIPV é um sistema que pode ser instalado em prédios novos e se adapta, também, a edificações mais velhas. Está disponível em diferentes modelos de painéis, como o transparente, o opaco e o fino transparente. Cada qual tem suas próprias características. Eles permitem controlar a luminosidade e proporcionam conforto acústico e térmico.

Existem opções de películas com cores fotovoltaicas variadas, o que facilita a adaptação da edificação e reduz o impacto visual. A solução contribui para diminuir custos, pois janelas, telhas, vidros e outros são substituídos por painéis solares. Mesmo levando em conta os gastos com a instalação, há compensação devido à produção de energia renovável.

O responsável pela construção pode explorar as placas como elementos estéticos da forma que julgar melhor, dispondo-as na horizontal, na vertical, em posição angular ou combinando disposições diferentes.

3. Bomba solar

A bomba solar é um tipo de bomba d’água sustentada pela energia solar captada por uma placa fotovoltaica. Depois de transformada em energia elétrica, ela é usada para o funcionamento da bomba em corrente contínua (CC). Dessa forma, não é necessário usar a energia convencional, nem bateria estacionária.

A bomba solar capta água do reservatório, do poço, de cisternas e até de aquíferos, e direciona para um local específico. Elas podem ser de superfície ou submersas. Para elevadas potências de bombeamento, podem ser usadas bombas comuns de corrente alternada (CA) integradas a um gerador de energia solar.

4. Aquecedor solar

O aquecedor é outro entre os produtos de energia solar muito conhecidos na atualidade. O sistema de aquecimento solar é formado pelos coletores e por um reservatório térmico.

A água circula pelos tubos internos de cada coletor e passa pelo processo de aquecimento. Após isso, é direcionada para o reservatório, onde fica armazenada e é distribuída para os pontos de consumo da edificação, como chuveiro, lavatório, torneiras da banheira e da cozinha e outros.

5. Kits para jardins

Nas lojas de jardinagem, tornou-se mais comum a venda de produtos de energia solar. Como são itens utilizados ao ar livre, ficam expostos todo o tempo à radiação do sol.

Já existem lâmpadas e mesas equipadas com placas solares. Algumas apresentam soquetes de energia embutidos, o que permite conectar pequenos aparelhos elétricos, e trazem portas USB para carregar smartphone ou tablet, sem a necessidade de o usuário deixar o jardim.

Enfim, há muitos produtos de energia solar disponíveis e citamos apenas alguns. Os exemplos já confirmam que a energia do sol pode ser utilizada na rotina das pessoas com sucesso. Dessa forma, os fabricantes apostam nessa tecnologia para inovar e aumentar suas vendas, contribuindo para a consolidação de uma economia mais sustentável.

O que achou dos produtos que citamos? Já conhecia algum deles? Compartilhe o post entre seus amigos nas redes sociais: eles vão gostar de saber como a energia solar pode fazer parte do nosso dia a dia de forma muito útil e inovadora!