Como lucrar com energia solar? 6 opções para você investir!

Como lucrar com energia solar? 6 opções para você investir

Tempo de leitura: 

5 minutos

Trabalhar com energia solar é algo promissor no Brasil. Isso porque a instalação de sistemas fotovoltaicos vem crescendo consideravelmente no país nos últimos anos. Segundo a Agência Nacional de Energia Elétrica – ANEEL, em 2020, teremos cerca de 174 mil modelos instalados e, até 2024, estima-se que sejam implantados mais de 880 mil sistemas. Mas como lucrar com energia solar?

Seja em busca de economia ou da preservação do meio ambiente, a energia solar está chamando a atenção dos mais diversos consumidores. Os sistemas fotovoltaicos proporcionam redução no valor das contas de luz em até 95% e, para gerar eletricidade, o método não causa danos à natureza, sendo considerado o jeito mais sustentável de produzir eletricidade.

Se você pretende entrar para esse mercado em expansão, leia este post até o final. Nele, vamos mostrar as principais possibilidades de lucrar com energia solar e dar dicas de como se tornar um empreendedor de sucesso. Confira!

Como lucrar com energia solar?

O mercado de energia solar no Brasil é um dos investimentos mais promissores da atualidade. O território brasileiro possui alta incidência solar, superando os Estados Unidos e a Alemanha, líderes em energia solar no mundo. Além disso, as linhas de financiamento e os incentivos fiscais impulsionam a instalação dos sistemas fotovoltaicos.

Esses são alguns dos motivos que leva o setor fotovoltaico ter boas projeções para os próximos anos. Mas, antes de investir, é fundamental que os interessados conheçam as principais possibilidades de lucrar com energia solar.

1. Instalação de painéis solares

A instalação dos painéis solares é a primeira alternativa para quem pensa em ganhar dinheiro com energia solar. Os profissionais da área precisam fazer um curso técnico especializado para adquirir habilidades teóricas e práticas do dimensionamento dos sistemas fotovoltaicos e, assim, tornarem-se aptos a trabalhar com essa tecnologia.

Nesses cursos são ensinados fundamentos de regulação e realização de projetos elétricos, noções fundamentais para quem deseja trabalhar instalando painéis solares. Para atuar nessa área, o instalador pode optar por trabalhar com carteira assinada em uma empresa de sistemas solares ou, ainda, pode ser tornar um prestador de serviços.

Em geral, os profissionais que preferem trabalhar junto a uma empresa visam garantir mais estabilidade financeira. Por outro lado, existem profissionais que escolhem trabalhar por conta própria. Além da flexibilidade de horários, prestar serviços de instalação dos painéis fotovoltaicos pode gerar lucros mais expressivos.

2. Projetista de energia solar

Outra maneira de lucrar com energia solar é se tornando um projetista. Esse profissional é responsável por fazer os dimensionamentos dos sistemas conectados à rede (on-grid) e por apresentar o projeto fotovoltaico de forma objetiva e clara. Para se tornar um projetista de energia solar, também é preciso realizar cursos para aprender sobre todas as etapas de elaboração de um projeto.

Além disso, os projetistas aprendem sobre análise de faturas, conceitos de eletricidade, utilização de software para simulação dos projetos e todo o procedimento necessário para solicitação de acesso junto à concessionária de energia.

3. Revender a tecnologia fotovoltaica

Existem vários produtos que usam a tecnologia fotovoltaica e podem ser revendidos. Carregadores de celular e mochilas equipadas com placas solares são algumas das opções que estão ganhando espaço na vida dos consumidores. A conscientização sobre a preservação do meio ambiente é um dos fatores que impulsionam a busca por esse tipo de produto.

4. Leilões de energia solar

O leilão de energia solar é outra forma de ganhar dinheiro com essa tecnologia. Nesses casos, o governo leiloa terras disponíveis para a produção e venda de energia fotovoltaica. Essa é uma forma de investimento para o país, portanto, existem incentivos fiscais que estimulam o negócio.

5. Fundo de investimentos

Os fundos de investimento são uma forma prática de ter retorno financeiro com a geração de energia solar. Em certos casos, o rendimento gira em torno de 15% a 20% ao ano. Vale lembrar que esse investimento é como qualquer outro e envolve riscos aos interessados. Por isso, é fundamental elaborar um bom planejamento antes de aplicar no fundo de investimento em energia solar.

6. Investir em uma franquia

Para quem deseja empreender, investir em franquia de energia solar é uma ótima alternativa. Esse modelo de negócio está em alta no território nacional e é considerado, no momento, o investimento mais promissor desse setor. O crescimento acelerado do mercado tem acontecido devido, principalmente, à praticidade do negócio e ao baixo risco para os investidores.

Sustentáveis e econômicos, os sistemas fotovoltaicos são fáceis de instalar e muito versáteis, sendo indicados para projetos residenciais, comerciais, industriais e rurais. A possibilidade de trabalhar com uma marca testada e conceituada no mercado é outra vantagem. As franquias possuem estratégias consolidadas e plano de negócio bem definido, garantindo a expansão segura do empreendimento.

Além disso, as franqueadoras proporcionam todo o suporte antes, durante e depois da instalação dos sistemas fotovoltaicos, e oferecem uma rede de assistência técnica especializada para auxiliar os franqueados nos momentos de pico do negócio. A franquia de energia solar é um setor do mercado que proporciona alta rentabilidade e o retorno do investimento inicial desse modelo de negócio pode acontecer em até um ano.

Quais são as dicas para abrir uma franquia?

Para começar a empreender por meio de uma franquia de energia solar não é preciso conhecimento técnico na área. Ao se comprometer a ser um franqueado, você receberá todos os treinamentos necessários para iniciar o negócio. Mas, antes de abrir uma franquia, é importante tomar alguns cuidados:

  • converse com franqueados e saiba os pontos negativos e positivos daquele empreendimento;
  • verifique se a empresa franqueadora de energia solar faz parte da Associação Brasileira de Franchising – ABF, para garantir que ela esteja atuando conforme a lei;
  • analise bem os números oferecidos pela empresa;
  • coloque no papel todos os custos, como taxas e encargos, que devem ser quitados e evite multas e penalidades.

Portanto, antes de empreender, é preciso saber como lucrar com energia solar, conhecendo todas as oportunidades disponíveis no mercado. Só assim é possível diminuir os riscos financeiros e garantir mais sucesso ao investimento. Conte com uma empresa experiente e descubra qual o melhor modelo de negócio para você.

Franquias de Energia Solar da HCC

Se gostou do artigo e quer saber mais sobre o assunto, siga-nos em nossas redes sociais — estamos presentes no Facebook, Linkedin, Youtube, Instagram e Spotify!