Conta de Luz na Pandemia: Veja como Economizar

Conta de Luz na Pandemia: Veja como Economizar

Tempo de leitura: 

5 minutos

A pandemia do novo coronavírus, que atinge o Brasil e o mundo, obrigou milhares de famílias a ficarem em casa para cumprir a quarentena. Empresas adotaram o home office e as escolas o ensino a distância. Com maior número de pessoas dentro de casa por mais tempo, a conta de luz na pandemia tende a aumentar consideravelmente.

Nesse período, o consumo excessivo de computadores, televisão, ar-condicionado, ventiladores, lâmpadas acesas por mais tempo e a maior frequência em abrir e fechar a geladeira, tendem a se tornar os principais vilões das tarifas de energia elétrica. Por isso, surge a dúvida: como cumprir a quarentena e evitar o aumento na conta de luz?

Mudando alguns hábitos e fazendo alguns ajustes na residência, é possível minimizar o aumento excessivo no valor da fatura de energia elétrica. Neste artigo, vamos falar sobre como economizar na conta de luz durante a pandemia. Boa leitura!

Dicas para reduzir a conta de luz na pandemia

Durante o período de isolamento social, com maior número de pessoas em casa, a tendência é o aumento no consumo de água, luz e gás. Para escapar de contas muito altas, é recomendável evitar o consumo desnecessário e excessivo. No caso da energia elétrica, uma ótima alternativa para economizar é o uso da energia solar.

Caso o imóvel não possua o sistema ou seja inviável fazer a implantação no momento, mudanças nos hábitos dos moradores da casa podem ajudar e significar um resultado positivo no fim do mês. Pensando nisso, separamos algumas dicas para economizar na conta de luz durante a pandemia.

Evite gambiarras elétricas

As gambiarras elétricas podem influenciar diretamente no valor da conta de luz. Isso porque um fio desencapado, mal conectado ou ligações elétricas feitas incorretamente, esquentam o sistema e consomem mais energia. Não é recomendável ligar mais de dois aparelhos em um único T, por exemplo. Quando muitos equipamentos estão ligados em uma mesma fonte, pode gerar aumento do calor, consumir mais energia e, ainda, provocar danos graves, como incêndios.

Desligue a luz quando não estiver utilizando

Muitas vezes, saímos do cômodo e deixamos as luzes acesas sem perceber. É sempre importante se atentar para esse detalhe e, ao sair do aposento, apagar todas as luzes e desligar todos os equipamentos eletrônicos. Inclusive, durante a pausa nos estudos ou no trabalho. Uma solução interessante é a instalação de sensores de presença para evitar que a luz fique acesa desnecessariamente.

Verifique as borrachas da geladeira

Normalmente, a geladeira é um dos aparelhos domésticos que mais soma na conta de luz. É importante que esse equipamento esteja em boas condições de uso para evitar sobrecarga na energia. Por isso, mantenha sempre a borracha de vedação da geladeira em bom estado.

Quando essas peças estão ruins fazem o motor do eletrodoméstico trabalhar mais, ligando com maior frequência para manter a temperatura ideal. Com isso, o consumo pode significar até 30% na conta no final do mês. Além disso, mantenha a geladeira sempre bem fechada, evite abrir a porta sem necessidade e não utilize a parte de trás para secar sapatos ou roupas.

Utilize lâmpadas econômicas

Substitua as lâmpadas incandescentes por modelos mais econômicos evitando, assim, o aumento excessivo na conta de luz. As lâmpadas de LED ou fluorescente consomem cerca de 75% menos eletricidade que as lâmpadas convencionais. E, sempre que possível, abra as cortinas e as janelas e dê preferência para que a luz do sol ilumine o ambiente.

Evite o modo stand-by

Aparelhos ligados em stand-by também são responsáveis por consumir energia elétrica. Por isso, sempre que possível desligue o aparelho da tomada após utilizá-lo e não deixe os eletrônicos ligados sem necessidade.

Prefira aparelhos eletrônicos certificados

Eletroeletrônicos que possuem o selo de certificação do Programa Nacional de Conservação de Energia Elétrica – Procel, são considerados mais eficientes. Os equipamentos são classificados por letras e, além de ajudarem o meio ambiente, garantem mais economia ao bolso do consumidor.

Mantenha o filtro do ar-condicionado sempre limpo

Conservar o filtro do ar-condicionado limpo, além de evitar que o temporizador seja acionado com mais frequência para manter a temperatura do aparelho, diminui as chances da proliferação de fungos e bactérias que podem ser prejudiciais à saúde. Além disso, regule o termostato, evitando o frio excessivo, e mantenha portas e janelas fechadas enquanto o aparelho estiver em funcionamento. Para economizar ainda mais, dê preferência aos ventiladores.

Diminua o tempo de banho

O principal vilão das contas de luz, definitivamente, é o chuveiro. Banhos muito quentes e demorados gastam mais energia e inflam a conta no final do mês. Por isso, tome banhos rápidos e desligue o aparelho ao se ensaboar. Além do mais, procure deixar a chave do chuveiro no modo verão, mesmo em tempos mais frios. Assim, é possível economizar até 30% no consumo de energia. Outra dica é nunca fazer adaptações ou emendas nesse equipamento porque, além de aumentar o consumo de luz, pode comprometer a segurança da residência.

Encontre um sistema de energia solar

O sistema de energia solar é uma das melhores alternativas para economizar eletricidade — não só nesse momento de pandemia — devido às altas taxas das tarifas energéticas. A energia fotovoltaica é gerada por painéis solares instalados nos telhados dos imóveis. Esses painéis absorvem e transformam a luz do sol em energia elétrica. Por isso, opte por um bom sistema de energia solar, através de uma empresa de confiança, e economize ainda mais no final do mês.

Benefícios do sistema de energia solar

A implantação de um sistema de energia solar nas construções proporciona muitas vantagens e a economia é a mais almejada. Usando a energia solar, é possível reduzir até 95% no valor da conta de luz. Esse sistema oferece o melhor custo-benefício, visto que as placas podem durar cerca de 30 anos, ou mais, e a manutenção é praticamente mínima. A recomendação é apenas manter as placas fotovoltaicas limpas para garantir o bom desempenho do sistema.

Outro significativo e importante benefício é o compromisso em preservar o meio ambiente. O sistema fotovoltaico gera uma energia limpa e renovável, que não produz resíduos poluentes e gases de efeito nocivo à natureza. Além disso, imóveis que possuem esse tipo de sistema tendem a ser mais bem valorizados no mercado imobiliário.

Portanto, evite consumos desnecessários, realize pequenas mudanças de hábitos, mantenha as instalações elétricas da sua casa em dia e invista em um bom sistema de energia solar. Desta maneira, é possível controlar o aumento da conta de luz na pandemia e economizar.

Gostou do post? Siga a HCC Energia Solar no Facebook, Instagram, YouTube e LinkedIn e fique por dentro de todas as novidades do setor!